Cotrijal funda núcleo de associados em Mato Castelhano

NÃO ME TOQUE – A Cotrijal fundou na noite de segunda-feira (18), o núcleo de associados de Mato Castelhano, inserindo oficialmente o município no processo de participação política da cooperativa. A reunião aconteceu no pavilhão da Capela local e contou com a presença de mais de 300 pessoas, maioria produtores rurais que já estão trabalhando com a cooperativa e que apostam nela como fator de desenvolvimento não só da agricultura como da economia regional.

O presidente da Cotrijal, Nei César Mânica, ressaltou na abertura do evento e também confirmou em apresentação institucional, a importância dos núcleos para o bom desempenho da organização, que em 54 anos de existência, nunca teve um resultado negativo. “Fico muito orgulhoso em fundar esse núcleo, pois aqui temos bons produtores, comprometidos com a Cotrijal”, disse.

Nei César Mânica fez também questão de salientar que a Cotrijal se diferencia no contexto de globalização por se preocupar exclusivamente com o desenvolvimento do segmento rural. “Nós levamos permanentemente aos nossos produtores alternativas de crescimento nas áreas técnica, econômica, e ambiental”, destacou, citando como exemplo de resultado positivo dessa parceria, os recordes de produtividade obtidos nas culturas da soja e do milho na região de atuação da cooperativa, tornando a região referencial não apenas para o estado como para o país.

O presidente da Cotrijal ainda ressaltou que cada vez mais as empresas precisam trabalhar com planejamento, considerando cenários e tendências internos e externos, para identificação de oportunidades, busca de diferenciais, de inovações e manutenção de competitividade, e que a cooperativa, sem deixar seus princípios, vem trilhando este caminho. “Nós precisamos construir juntos”, disse, ressaltando a importância da participação do líder e do associado e sua família na cooperativa. “O papel do líder e do associado é ajudar os conselhos e a direção a definir estratégias para o bem da organização”, resumiu.

O gerente de Desenvolvimento Cooperativista, Enio Schroeder, também mostrou sua satisfação em participar da fundação do novo núcleo. “O núcleo, na estrutura da Cotrijal, é um dos principais fóruns de participação dos associados. É um espaço de informação, debate e a troca de conhecimentos de interesse dos cooperados e suas comunidades”, ressaltou.

Eleição dos líderes

Uma chapa sugestão, com três novos líderes de núcleo, foi apresentada e aprovada durante a reunião. Juliano Manfroi foi eleito por três anos, Rudimar da Rosa, dois anos, e Paulo César Soster, para adequar ao regimento interno que prevê a eleição de um novo líder a cada ano.

Os novos líderes demonstraram seu envolvimento com os objetivos da cooperativa. Para Juliano Manfroi, a presença da Cotrijal em Mato Castelhano significa muito para o município e principalmente para os agricultores. “Depois que a Cotrijal se instalou aqui a gente viu que é um trabalho responsável e sério. A cooperativa nos auxilia na hora da compra de insumos, com a assistência técnica, sentimos que ela está crescendo e nós estamos crescendo juntos”.

Para Rudimar da Rosa, fazer parte da liderança é motivo de orgulho e de crescimento. “Com a Cotrijal nós ganhamos praticamente em tudo. Em preços, qualidade de insumos, produtividade, tecnologia e tecnologia”, avalia ele, convocando aqueles que não são sócios para conhecerem a cooperativa e se integrarem a ela.

No entender de Paulo César Soster, a Cotrijal tem papel fundamental junto ao seu produtor e tem tudo para crescer ainda mais na região. “Quero trabalhar de coração e retribuir tudo que a cooperativa vem realizando para nós. Encaro esse cargo como um novo desafio e quero ser o elo dos associados com a direção”.

Os primeiros núcleos foram criados em 1977, nos três primeiros municípios de atuação da cooperativa – Não-Me-Toque, Colorado e Victor Graeff -, apenas para os sócios. O processo evoluiu e hoje as ações são voltadas para toda a família nos 14 municípios de atuação da cooperativa. Mato Castelhano é o núcleo de número 52, completando um quadro de 156 líderes.

Participaram da reunião:

Pela Cotrijal, participaram o presidente da cooperativa, Nei César Mânica; o vice presidente, Jairo Marcos Kohlrausch; os gerentes Ricardo Haubert; da unidade Mato Castelhano; Marcelo Schwalbert (Unidade da Cotrijal em Passo Fundo); e Airton Mário Görgen,( Unidade da Cotrijal em Não-Me-Toque); Enio Schroeder (Desenvolvimento Cooperativista); Gelson Melo de Lima (Produção Vegetal), e os integrantes dos três Conselhos da Cooperativa (Administração, Fiscal e de Representantes de Líderes de Núcleo), além de alguns colaboradortes.

Também participaram do evento, o prefeito de Mato Castelhano, Solano Ricardo Canevese; a presidente da Câmara de Vereadores, vereadora Adi Salete da Rosa Rocha; o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Passo Fundo, Alberi Paulo Ceolin; o vice presidente regional do Sicredi, Alexandre Palma Palagio; o gerente do Sicredi de Mato Castelhano, Andrigo Amarante; o engenheiro agrônomo da Emater de Mato Castelhano, Alcione Fontana, vereadores, secretários municipais, entre outras autoridades.

(Assessoria de Imprensa – Cotrijal)

Compartilhe: