Cotriel preserva o Meio Ambiente

ESPUMOSO – A preocupação com o meio ambiente é uma constante na Cotriel, tanto que um dos ítens de sua missão é: “Satisfazer seus associados, funcionários, clientes e fornecedores, sendo uma referência positiva em agronegócio e serviços, integrando-se à comunidade e zelando pelo meio ambiente”. Para isso, vem fazendo o seguinte:

Viveiro de mudas

Mantém um viveiro de mudas, com capacidade de produzir 1 milhão de mudas por ano, as quais são fornecidas aos associados, escolas e entidades, a fim de incentivar o reflorestamento. Em média, são doadas em toda a área de abrangência da Cooperativa, 4 mil mudas por ano. É um trabalho social importante, que é complementado com palestras de conscientização sobre o meio ambiente, realizadas durante todo o ano em escolas dos municípios da área de ação da Cotriel. No mesmo local, há ainda uma vermicompostagem, onde o resíduo sólido do frigorífico é transformado em húmus e usado no viveiro para produção de mudas e em jardinagens. (Foto do Viveiro em Anexo)

Reflorestamento

A Cooperativa também possui três áreas de reflorestamento em Campos Borges: uma na localidade de Linha Ferrari, com 48 hectares plantados, outra ao lado do confinamento de gado, com 25 hectares, e a terceira na entrada no Posto de Recebimento Campos Borges II, com 1 hectare. Toda a lenha utilizada na secagem de grãos, passa por um controle junto a Secretaria Estadual do Meio Ambiente (SEMA), para a futura reposição florestal. Por outro lado, em Pantano Grande, 60% da casca de arroz descartada é usada no aquecimento das caldeiras para secar o produto no engenho daquela Unidade.

Açudes de decantação no Frigorífico

Para tratar a água utilizada oriunda do seu Frigorífico, a Cotriel possui três açudes de decantação, onde os sólidos e sujidades são separados.
A parte sólida é utilizada para adubação tanto no Viveiro de Mudas e no reflorestamento e o resíduo líquido é destinado para um açude, onde as bactérias do ecossistema realizam o processo de diminuição orgânica, sendo que a água retorna limpa para o meio ambiente.

Embalagens de agrotóxicos

Para retirar do meio ambiente as embalagens vazias de agrotóxicos e lubrificantes, a Cotriel utiliza o depósito da Associação das Revendas de Pesticidas de Espumoso – ARPE, da qual é sócia fundadora desde 2002. Também conscientiza associados, funcionários e comunidade, através de palestras e encontros, sobre a imporância da Tríplice Lavagem. São destinadas quatro semanas por ano para coleta de embalagens, que devem ser entregues na sede da Associação, localizada na estrada Espumoso- Barro Preto.As embalagens depositadas são encaminhadas pela Cooperativa para os postos de reciclagem.

Captadores de pó das Unidades Armazenadoras

Nos armazéns da Sede, foi instalado um sistema de filtro de mangas para captação de pó no processo de recebimento, limpeza e secagem de grãos, que absorve a poeira das moegas, das máquinas de limpeza e dos secadores e a queima na própria fornalha.

Reciclagem de papéis

Há mais de três anos, as folhas para a impressão de documentos na Cotriel são reaproveitadas na forma de “folhas de rascunho”. Após terem sido usados dos dois lados, em um processo de coleta seletiva, os papéis são encaminhados para a reciclagem. Além disso, as lâmpadas fluorescentes que não são mais usadas em todos os setores da Cooperativa, são armazenadas em local apropriado e, após, são encaminhadas para reciclagem em empresas especializadas.

Para que todas as atividades possam funcionar legalmente, a Cooperativa possui as licenças de órgãos municipal, estadual e federal, totalizando 32 licenças ambientais.

Assim, a Cotriel tem a certeza de estar fazendo a sua parte, uma vez que a preservação do meio ambiente é uma responsabilidade de todos.

 

 

Compartilhe: