Copa na Rússia está mais avançada do que no Brasil, diz Blatter

Presidente da Fifa descartou retirar Mundial do país após pressões políticas

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, declarou todo o apoio à Rússia, sede da próxima Copa do Mundo. O dirigente afirmou que recebeu pedidos para reconsiderar o país como casa do Mundial em 2018 por conta dos problemas com a Ucrânia, mas negou que irá tirar o torneio dos russos por conta disso. O suíço ainda elogiou a organização da competição e disse que os russos estão mais avançados que o Brasil.

“Apoiamos incondicionalmente a Copa do Mundo na Rússia, pois temos grande confiança nas autoridades do país. Posso dizer que, em comparação com o Brasil, a Rússia está bem mais avançada em termos de organização”, comentou Blatter.

Antes da cerimônia que irá revelar o símbolo da Copa do Mundo de 2018, Blatter ainda afirmou que a entidade não aceitou pressão para retirar evento da Rússia. “Outros países pediram para que o Mundial fosse tirado da Rússia por conta de questões políticas, mas a Fifa fala só de futebol, trata-se de uma questão esportiva”, explicou.

(Correio do Povo)

Compartilhe: