Comarca ficará sem juiz titular

Postado em 22 novembro 2021 05:58 por jeacontece
15.292.411/0001-75

Por Equipe A Folha

Em entrevista ao programa Voz da Comunidade Rádio A Folha 104.9 FM, no sábado (13/11), o candidato à presidência da Subseção local da OAB, advogado Jonas Ercego, e a candidata no Conselho da OAB/RS, advogada Nara Piccinini da Silva, anunciaram que em dezembro a Comarca de Não-Me-Toque vai ficar sem juiz titular.

Ocorre que o juiz Marcio Sfredo Monteiro conseguiu transferência para a Comarca de Carazinho, onde reside desde 2014. Assim que a mudança for oficializada, Não-Me-Toque passará a ser atendida por juiz substituto e tudo indica que será a juíza de Tapera, Luana Schneider.

Neste momento em que o andamento dos processos voltava a ter ritmo, já que a Justiça quase paralisou durante a pandemia, ficar sem juiz titular vai agravar a demora no andamento de processos que passam de 14 mil. A realidade local é de falta de funcionários no Fórum e, inclusive de juízes para assumir as comarcas, considerando as aposentadorias e o tempo que não ocorre concurso.

De acordo com Nara Piccinini, a partir da aprovação do plano de carreira dos servidores do Judiciário, pela Assembleia Legislativa, está prevista a realização de concursos e nomeações.

— O Tribunal de Justiça do Estado aguarda a Assembleia Legislativa. Nossa expectativa é de que, apenas um concurso pode resolver, ou pelo menos amenizar, o problema da lentidão no andamento dos processos jurídicos, já que a falta desses profissionais é um dos seus principais motivos — comentou a advogada que atua como conselheira da OAB/RS.

Postado em 22 novembro 2021 05:58 por jeacontece
15.292.411/0001-75

NOTÍCIAS RELACIONADAS


Desenvolvido com 💜 por Life is a Loop