COLORADO – TRE julga improcedente o recurso na ação movida contra Lírio Riva e seu vice

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE), reunido nesta tarde em Porto Alegre, por 7 a 0 – unanimidade, julgou improcedente o recurso interposto pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) contra o prefeito e vice de Colorado, pedindo sua cassação e inelegibilidade. Lírio Riva e Eumar Luiz Rizzardi, haviam vencido em primeira instância. O magistrado não conseguiu ver comprovadas as denuncias contra os réus.

Cabe recurso ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral), em Brasília, porém é pouco provável, uma vez que a Procuradoria Regional Eleitoral que é a responsável pela interposição de recurso aquele Tribunal, opinou pelo desprovimento do recurso julgado hoje.

ENTENDA O CASO – Lírio Riva e Eumar Rizzardi haviam sido acionados judicialmente pelo Ministério Público Eleitoral por suspeita de compra de voto. Segundo o MPE, uma mulher (LS), teria sido contratada para trabalhar na Secretaria Municipal de Saúde do município, em troca do seu voto e, alguns dias após a eleição, a mesma teria sido demitida.

Compartilhe: