COLORADO – PARÓQUIA SÃO JOÃO BATISTA

Programa Religioso

Dia 29/11(Sábado) – às 19 horas Missa na Igreja Matriz(Encerramento na catequese).
– às 21 horas Abertura do Natal Luz do Município em frente à Prefeitura Municipal.
Dia 30/11(Domingo) – às 09 horas Missa na Igreja Matriz.
– às 10 horas Celebração com os casais do Cursilho na Gruta Nsra de Lurdes e durante o dia Pic-Nic e lazer junto à Gruta.
Dia 03/12(4ª feira) – às 07 horas(manhã) Missa na Igreja Matriz.
– às 19;30 horas Preparação dos catequizandos da 1ª Eucaristia na Vila Pe. Osmari)
Dia 04/12(5ª feira) – às 19;30 horas Reunião da Área Pastoral na Paróquia de Ernestina.
Dia 05/12(6ª feira) – às 18 horas Missa do Apostolado da Oração na Igreja Matriz.
– às 20 horas Missa do Apostolado da Oração com Preparação para o Natal em Córrego Branco.
Dia 06/12(Sábado) – às 18 horas Missa na Gruta Nsra Igreja Matriz.
– às 20 horas Missa com 1ª Eucaristia na Vila Padre Osmari.
Dia 07/12(Domingo) – às 09 horas Missa na Igreja Matriz.
– às 10;30 horas Missa e festa em honra à Sta. Catarina na Capela de Vista Alegre.
Dia 08/12(2ª feira) – às 20 horas Reunião das catequistas da paróquia com avaliação de 2014                                                        e  planejamento da catequese para 2015.

AVISOS E CONVITES

1)    Casamentos: Com a graça de Deus e a benção da igreja querem casar-se no próximo dia 13 de dezembro, o casal de noivos Evandro Chitolina e Catarine Xavier. Já no dia 20, o casal de noivos Elder Pecinini e Ana Paula Vian, estarão dizendo sim diante de Deus e a comunidade. Aos mesmos desejamos parabéns e que Deus os abençoe!

2)    Dízimo Paroquial: A prática religiosa de pagar o dízimo é muito antiga. Abraão (1.800 a. C.), após conquistar o território para seu povo, ofereceu ao “Deus Altíssimo que criou o céu e a terra ( … ) a décima parte de tudo.” (Gn 14, 19-20). Anos mais tarde, Jacó, confiando na proteção de Deus, prometeu dar a décima parte de tudo. (cfr. Gn 28,20-22). E tempos depois, o apóstolo Paulo, ao escrever para os cristãos convertidos ao judaísmo, recorda este dever, pois “Abraão deu a décima parte de tudo, ( … ) e devem cobrar o dízimo do povo” (Hb 7, 2-5) E também o próprio Cristo lembra esta prática: “Vocês pagam o dízimo da hortelã, da erva doce e do cominho ( … ), mas é preciso praticar a justiça, a misericórdia e a fidelidade” (Mt 23,23). O dízimo – décima parte – era um agradeci¬mento a Deus pelo dom da vida e por tudo quanto na sua bondade, nos concede.

3)    Reunião das Catequistas da Paróquia: Acontecerá no próximo 08(2ª feira), às 20 horas, tendo como local o salão ao lado da Igreja Matriz. Pede-se a presença de todas, uma vez de que vamos tratar da avaliação do ano de 2014, bem como do planejamento para 2015.

4)    Galeto com Massa na Paróquia: Acontecerá no próximo dia 06 de dezembro, no salão de festas. Será servido a partir das 11;30 horas para levar para casa. Os cartões estão à disposição dos interessados com a diretoria e na secretaria paroquial. O custo dos mesmos é de R$ 18,00. Quem quiser fazer doações de ovos farinha, e outros condimentos, será benvindo. Todos estão convidados para participar.

5)    11ª Procissão de Nsra da Saúde: Aconteceu no último domingo(dia 23), na Capela de Arroio das Almas, onde houve grande participação de fiéis e romeiros vindo de várias capelas, bem como de outras  paróquias e  munícipios circunvizinhos. Tudo ocorreu de forma especial, e surpreendente foi a presença de grande público. A comunidade agradece a todo(a)s: às pessoas que distribuíram água mineral ao longo da procissão; à Prefeitura Municipal, pela disposição de ambulância e enfermeiros para o atendimento dos primeiros socorros, o que é necessário a todos; à Empresa Sebastiane pela colocação de ônibus para o transporte dos fiéis, tanto na ida, bem como no retorno da romaria; à família Dalpício pela acolhida aos romeiros, para uma parada e descanso; ao pessoal que trabalhou de modo incansável, a fim de servir bem a todo(a)s. Enfim, o nosso muito obrigado, e que Nsra da Saúde abençoe e o(a)s recompense!

6)    Visita às Capelas: Lembramos às comunidades de que no mês de dezembro, estaremos realizando a celebração penitencial, em preparação ao Santo Natal. Por isso, lembramos às famílias e grupos de que devem se preparar, através do material disponível nas comunidades.

ADVENTO, TEMPO DE VIGILÂNCIA.

“Costumamos dizer que o Ano Litúrgico começa no 1º domin¬go do Advento, assim como o ano civil começa em 1º de janei¬ro. Mas, na verdade, o Ano Litúrgico não tem começo nem fim. Todo ano comemoram-se duas grandes festas: Páscoa e Natal. A Páscoa é mais importante que o Natal. É a maior festa cristã, porque celebra a ressurreição de Jesus. Ambas as festas são precedidas por um tempo de preparação”.
As antigas comunidades cristãs, quando começaram a celebrar o Natal, o fizeram, ao mesmo tempo, como o desdobramento da alegria pascal e como celebração do início do mistério da salvação. E assim como a festa da páscoa era preparada por um tempo de jejum e escuta da Palavra, colocaram também tempo de preparação antes da festa do Natal.
A Palavra Advento, foi tirada do vocabulário pagão, e significa chegada ou vinda. Ao longo do tempo, foi assumindo o sentido tanto do nascimento do Senhor (o Senhor veio!), quanto em preparação para este evento (o Senhor vem!) e também da espera da segunda vinda de Cristo (o Senhor virá!). Por isso, o tempo do Advento não pode ser de acomodação, mas sim de espera ativa. Assim a Igreja convoca seus fiéis a se prepararem para a chegada do Senhor.
A Liturgia ocidental, nas duas primeiras semanas do Advento, acentua a espera da segunda vinda de Cristo no final dos tempos, enquanto nas outras duas semanas coloca a ênfase na preparação para a solenidade do Natal.
Os cristãos primitivos tinham o costume de esperar a celebração de cada domingo com uma vigília de oração. Com isto desejavam expressar uma verdade profunda de seu modo de viver o cristianismo. Como afirmou Santo Agostinho em uma destas vigílias: “Para nós, cristãos, viver não é outra coisa que vigiar. E vigiar é abrir-se à vida”. Acolher o nosso salvador, por isso, a necessidade da nossa preparação, mãos à obra!

(Padre Osório Serrão – Pároco)

Compartilhe: