Coca-Cola é marca mais valiosa do mundo; Apple cresce 129%

O setor de tecnologia ocupa cinco das dez primeiras posições de um ranking elaborado pela consultoria Interbrand sobre as marcas mais valiosas do mundo. A Apple teve valorização de 129% em relação ao ano passado, atingiu US$ 76,568 bilhões e pulou para o segundo lugar, atrás da Coca-Cola, cuja valorização foi de 8%, com a marca alcançando US$ 77,839 bilhões. Nenhuma empresa brasileira entrou para a lista das 100 melhores marcas internacionais, informou a consultoria.

No setor de tecnologia, além da Apple, aparecem entre os dez primeiros colocados Google (4º lugar, com US$ 69,726 bilhões), Microsoft (5º, com US$ 57,853 bilhões), Intel (8º, com US$ 39,385 bilhões) e Samsung (9º, com US$ 32,893 bilhões).

A IBM ocupa a terceira colocação, com crescimento de 8% e valor estimado em US$ 75,532 bilhões, mas no ranking figura no setor chamado Serviços de Negócios. Completam a lista das dez principais a GE, em 6º lugar, com US$ 43,682 bilhões e valorização de 2%; McDonald’s (7º), com US$ 40,062 bilhões e valorização de 13%; e Toyota (10º), com US$ 30,280 bilhões e valorização de 9%.

As marcas de tecnologia mantêm um ritmo forte de crescimento nos últimos anos, segundo a consultoria. Quatro dos maiores aumentos de valor, do ranking de 2011 para o divulgado nesta terça-feira, são de marcas ligadas ao setor: Apple (129%), Amazon (46%), Samsung (40%) e Oracle (28%).

Para a Interbrand, a Apple conseguiu manter a ligação emocional dos consumidores com a marca após a morte do fundador da empresa, Steve Jobs. “Mesmo enfrentando uma competição crescente de rivais como Google e Samsung, a companhia continua demonstrando seu compromisso de proteger a marca Apple e sua propriedade intelectual”, afirma o documento da consultoria.

No setor automotivo, a empresa mais bem colocada é a japonesa Toyota, seguida, nos 11º e 12º lugares, pelas alemãs Mercedes-Benz (US$ 30,097 bilhões) e BMW (US$ 29,052 bilhões). Para a consultoria, “as marcas automotivas tornaram-se mais sintonizadas com a ligação emocional que os consumidores têm com seus carros” e por isso mostraram bom desempenho no ranking deste ano.

O mesmo não ocorreu com as marcas de serviços financeiros, que continuam a sentir o impacto da retração econômica global. “Eventos recentes, tais como o escândalo da Libor, mancharam a reputação das marcas líderes”, justifica a Interbrand. A American Express é a marca do setor mais bem colocada, no 24º lugar, com valor de US$ 15,702 bilhões.

Confira o Top 10 das marcas mais valiosas do mundo, segundo a Interbrand:
1º – Coca-Cola – US$ US$ 77,839 bilhões
2º – Apple – US$ 76,568 bilhões
3º – IBM – US$ 75,532 bilhões
4º – Google – US$ 69,726 bilhões
5º – Microsoft – US$ 57,853 bilhões
6º – GE – US$ 43,682 bilhões
7º – McDonald’s – US$ 40,062 bilhões
8ª – Intel – US$ 39,385 bilhões
9º – Samsung – US$ 32,893 bilhões
10º – Toyota – US$ 30,280 bilhões

Agência Estado

Compartilhe: