Chuva insuficiente acelera a construção de redes de água em Ibirubá

A chuva que ocorreu no final de semana não foi suficiente para abastecer os mananciais do município. No perímetro urbano e em algumas localidades do interior, foram somente 15 milímetros de chuva, servindo apenas para aumentar a umidade do solo e possibilitar o plantio das culturas de inverno e revigorar as pastagens.

Segundo o Departamento de Agricultura da Secretaria de Desenvolvimento, os reflexos de sete meses de seca que continuam no município, intensificou os trabalhos de construção de redes de água no interior através de poços artesianos. Paralelamente a esse trabalho a secretaria realiza abertura e limpeza de açudes nas propriedades rurais, para aumentar a capacidade de armazenamento de água da chuva.

Alberto Schwanke, que coordena a construção das redes, afirmou que durante a semana estava prevista a conclusão das redes de Boa Vista e Santo Antonio do Bom Retiro, na localidade conhecida como Barro Preto, e seria iniciada a rede de Linha Travessão, caso as condições do tempo fossem favoráveis.

Segundo dados fornecidos pela secretaria, desde 2009 mais de 100 famílias já receberam água potável numa parceria entre o município, os agricultores e o Governo do Estado. Mas mesmo diante destes avanços, ainda há muito a fazer para que Ibirubá atinja 100% do interior com água potável e prevenindo futuras estiagens.

(Assessoria de Imprensa – Prefeitura de Ibirubá)

Compartilhe: