Cheirar casca de limão reduz os enjoos durante a gravidez

Cheirar casca de limão é um santo remédio para amenizar o mal-estar durante a gestação. Na gravidez das gêmeas, a mamãe passou mal mais de a metade do tempo. Tem gente que diz que não sente nada, mas a Taís não podia é sentir nada… cheiro de nada! Não suportava cheiro de cebola, de azeite, de banana, do lixo, do sabonete (que ela sempre usou), do meu perfume (que tive que parar de usar). Tudo dava vontade de vomitar, mas sem vomitar. Só salivava, cuspia e arrotava o tempo todo por conta do mal-estar. A pior fase foi no começo, até o quarto mês de gestação.

Dava dó de ver, todo cheiro era gatilho para enjoo. Compramos uma porção de revistas, pesquisamos na internet e pedimos ajuda para a médica. Cortamos alimentos gordurosos, afastamos de casa tudo que tivesse cheiro que a incomodava, mamãe passou a comer a cada duas horas coisas que ela suportava (como bolacha água e sal, sopas), chupava gelo, sorvete, bebia muita água. Com o passar do tempo, a médica receitou um remédio (Plamet) para aliviar o desconforto.

Mas o que mais ajudava mesmo na hora do aperto e aliviava a sensação de náusea era a casca de limão. Diz que a grávida busca gostos ácidos como das frutas cítricas, mas no nosso caso, o gosto pouco pesou. Nossa geladeira passou a maior parte da gravidez cheia de limão. Era só a mamãe olhar com aquele jeito de quem pede ajuda pestanejando, que o papai logo corria para a geladeira, arrancava uns quatro pedaços da casca e dava para ela cheirar. É só cortar a casca e cheirar, dobrando algumas vezes para soltar ainda mais o aroma. Tomar limão (de forma comedida) também faz bem para algumas grávidas, mas aqui em casa foi o cheiro dessa maravilhosa fruta que aplacou as náuseas da mamãe.

O Estadão