Bronzeamento em spray pode causar câncer

Um estudo da Universidade da Pensilvânia revelou que algumas substâncias usadas no processo de bronzeamento em spray pode causar câncer, em especial a dihidroxiacetona, conhecida por DHA, que é responsável por deixar a pele mais escura.

A inalação da DHA pode acontecer ao longo do processo de bronzeamento em spray pois micropartículas são espalhadas pelo ar em um espaço fechado. No entanto, cientistas apontam que ainda é necessário se aprofundar mais nos estudos para confirmar estes riscos.

O bronzeamento em spray é considerado por muitas mulheres uma opção mais saudável para ganhar uma cor sem ter que se expor ao sol ou se arriscar em camas de bronzeamento.

Clicrbs

Compartilhe: