Bolsonaro disse esperar que governadores não voltem com ideia do “fecha tudo”

O presidente Jair Bolsonaro declarou nesta terça-feira (12), durante a cerimônia de aniversário de 160 anos da Caixa, que reza para que governadores e prefeitos não fechem de novo seus Estados e municípios para combater o avanço da covid-19. Ele voltou a dizer que vida e economia andam juntas.

Bolsonaro declarou que a “política não pensada do feche tudo, a economia a gente vê depois” por pouco não causou uma crise ainda maior no país. “Peço a Deus para iluminar os prefeitos e governadores para não fecharem tudo.”

Segundo o presidente, o governo federal soube dar as respostas que o povo precisava em meio à pandemia. Citou a descoberta dos “invisíveis”, 38 milhões de brasileiros que jamais haviam recebido qualquer benefício público, mas foram assistidos pelo auxílio emergencial, e as medidas do Ministério da Economia para preservar os empregos.

“Um governo, um povo, que mesmo em momentos difíceis, superou desafios, respeitamos a todos e trabalhamos arduamente. Nós não esmorecemos, buscamos alternativas. Um governo que não ceifou um só emprego, muito pelo contrário: manteve milhões de empregados pelo Brasil.”

Compartilhe: