BOA VISTA DO CADEADO – Outubro Rosa: a contribuição da psicologia na luta contra o câncer de mama

Última palestra da campanha foi realizada na segunda-feira (31/10)

Outubro Rosa é uma campanha internacional em favor da prevenção ao câncer de mama. E, como forma de ratificar o seu apoio à campanha, o Psicólogo revela um pouco sobre a contribuição da Psicologia no tratamento deste e dos demais tipos de câncer.

O atendimento ao familiar, assim como ao paciente oncológico, parte de diversas demandas. Muitas vezes o principal cuidador aparece como o alicerce da pessoa com câncer. E com isso pode vir sensação de impotência, medo, estresse, culpa, bem como, por vezes, um descuido de suas próprias necessidades. É nesse sentido que a escuta se faz importante para que esse familiar não adoeça. O câncer aparece como ameaça à vida e falar sobre a doença, bem como das possibilidades de cura e sobrevida colaboram para o bem-estar biopsicossocial dos pacientes.

O mês de outubro é marcado pela campanha de prevenção ao câncer de mama, o Outubro Rosa. O movimento é internacional e teve início nos Estados Unidos. O nome remete à cor do laço rosa, símbolo mundial da luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e instituições.

A Secretaria Municipal de Saúde, para promover a conscientização para a prevenção do câncer de mama e de colo de útero tem realizado semanalmente várias palestras organizadas com a colaboração da equipe do ESF e NASF do município.

Na Segunda-feira (31/10), foi realizada a última palestra do “Outubro Rosa”, o palestrante responsável foi Gabriel da Silveira Szismann – Psicólogo que abordou o tema “Impacto na vida da mulher com câncer de mama: Como sua mente pode ajudar seu corpo”.

A última palestra deste ano foi realizada na sala de espera da UBS, contou com a participação de pacientes e profissionais da saúde.

Ainda durante o período da manhã foi realizada uma caminhada pelas principais ruas do município e contou com a participação de usuários do sistema, participantes do CAPS, profissionais da saúde e população.

Compartilhe: