Bens de candidatos ao Senado no RS somam R$ 7,9 milhões

Maioria dos concorrentes tem conjunto de posses superior a R$ 1 milhão, mas o valor de mercado pode ser maior

Somado, o patrimônio dos candidatos gaúchos ao Senado declarado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é de R$ 7,9 milhões. Dados sobre os bens dos concorrentes disponíveis no site do TSE aponta perfis diferentes.

Lasier Martins (PDT) tem investidos mais de R$ 166 mil no mercado de ações e R$ 536 mil em títulos públicos e privados, enquanto o ex-governador Olívio Dutra (PT) tem boa parte das posses concentrada em terrenos em São Luiz Gonzaga e em Cidreira, além da participação de 20% em seis lotes de terra, também em São Luiz Gonzaga, herança recebida dos pais.

Beto Albuquerque (PSB) tem cerca de 70% do patrimônio em três imóveis localizados em Porto Alegre, Florianópolis e Brasília. Entre os bens declarados pelo deputado também está uma motocicleta Harley-Davidson, modelo 2012, avaliada em R$ 50 mil.

Os menores patrimônios, conforme as declarações ao TSE, são dos candidatos Ciro Machado (PMN) e Julio Flores (PSTU), que têm em seu nome R$ 687,1 mil e R$ 30 mil, respectivamente.

Em termos de mercado, o valor real de alguns bens pode ser maior do que o que consta nas declarações. Como o TSE não dispõe de norma específica, os candidatos informam o preço da aquisição (mesmo critério adotado pela Receita Federal para o Imposto de Renda). Isso significa que não leva em conta, no caso de imóveis, a valorização de mercado desde a época da compra.

Por exemplo, se um candidato comprou há 15 anos um apartamento por R$ 100 mil, o imóvel constará na declaração em 2014 com valor de R$ 100 mil, embora o bem possa ter tido valorização no período. Isso faz com que os imóveis adquiridos mais recentemente apareçam com valores superiores aos mais antigos. Segundo o Secovi-RS, só nos últimos cinco anos o preço dos imóveis em Porto Alegre teve um aumento médio de 85,59%.

Posses declaradas
A relação completa está disponível no portal do Tribunal Superior Eleitoral (tse.jus.br)

Beto Albuquerque (PSB)
Total dos bens: R$ 1.010.540,28
Os principais
Casa em Porto Alegre: R$ 378,3 mil
Apartamento em Florianópolis: R$ 182,2 mil
Apart-hotel em Brasília: R$ 143 mil
Casa (imóvel adquirido na planta em Porto Alegre): R$ 100 mil
Sala comercial em Passo Fundo: R$ 30 mil
Automóvel (SsangYong Rexton): R$ 100 mil
Motocicleta Harley-Davidson: R$ 50 mil
Conta corrente: R$ 26,9 mil

Ciro Machado (PMN)
Total de bens: R$ 687.189,60
Os principais
Dois apartamentos em Porto Alegre: R$ 265 mil
Automóvel (Space Cross): R$ 45 mil
Títulos emitidos por bancos (CDB/CDI): R$ 223,6 mil
Previdência privada: R$ 110 mil
Conta corrente: R$ 30 mil
Ações (Cielo): R$ 10 mil
70% do capital social de Mavi Arquitetura: R$ 3,5 mil

Julio Flores (PSTU)
Total de bens: R$ 30.000,00
Apartamento no bairro Nonoai: R$ 30 mil

Lasier Martins (PDT)
Total dos bens : R$ 1.999.326,91
Os principais
Casa no Morro Santa Tereza, em Porto Alegre: R$ 800 mil
Dois automóveis (Corolla e Sandero): R$ 136 mil
Letras de Crédito Imobiliário: R$ 454 mil
Previdência privada: R$ 219 mil
Ações (Marcopolo, Randon e Ambev): R$ 166,3 mil
Conta corrente: R$ 135,7 mil
Títulos públicos: R$ 82,7 mil

Olívio Dutra (PT)
Total dos bens: R$ 1.158.805,04
Os principais
Três apartamentos em Porto Alegre (dois no bairro São João e outro no Passo D’Areia): R$ 275,6 mil
Prédio residencial em São Luiz Gonzaga: R$ 53 mil
Quatro terrenos em São Luiz Gonzaga (1.971m2): R$ 83 mil
Fração de terreno em São Luiz Gonzaga (330m2): R$ 15 mil
20% de seis terrenos em São Luiz Gonzaga: R$ 13,3 mil
Terreno em Cidreira: R$ 3 mil
Aplicações em renda fixa: R$ 395,9 mil
Títulos emitidos por bancos (CDB/CDI): R$ 230,4 mil
Caderneta de poupança/Conta corrente: R$ 72,4 mil
Fundo de investimento: R$ 16 mil

Rubens Goldenberg (PRP)
Total de bens: R$ 1.875.451,30
Os principais
Duas casas em Porto Alegre (bairros Alto Petrópolis e Ipanema): R$ 1,2 milhão
Dois terrenos (bairros Alto Petrópolis e Partenon): R$ 156 mil
Evelyn Incorporadora e Construtura de Imóveis (recursos para aumento de capital): R$ 330,7 mil
Cotas de capital social de Evelyn Incorporadora e Construtura: R$ 119 mil
Debêntures (títulos de dívida emitido por empresa) da Vale: R$ 4 mil

Simone Leite (PP)
Total dos bens: R$ 1.160.724,20
Os principais
Dois apartamentos (Canoas e Arroio do Sal): R$ 219 mil
Dois terrenos (Canoas e Xangri-lá): R$ 385,6 mil
Construção em Arroio do Sal: R$ 71,7 mil
Dois automóveis (Audi e C4 Picasso): R$ 249 mil
Cotas de capital da empresa Urano do Brasil: R$ 208,3 mil
Crédito em conta corrente na empresa Urano do Brasil: R$ 13,5 mil
Ações (Gerdau/Bovespa Holding): R$ 7,5 mil
Participação societária na Urano do Brasil: R$ 5,9 mil.

(Correio do Povo)

Compartilhe: