Banco do Brasil vai fechar 361 unidades e cortar até 5 mil funcionários

Objetivo do Banco é economizar em torno de R$ 300 milhões com os cortes neste ano

O Banco do Brasil anunciou ontem (11) a abertura de um programa de demissão voluntária e fechamento de 361 unidades, entre agência, postos de atendimentos e escritórios no primeiro semestre deste ano.

O programa de demissão, que vai até fevereiro, prevê o desligamento de pelo menos 5 mil pessoas.

O objetivo do BB é economizar R$ 353 milhões com as mudanças em 2021 e R$ 2,7 bilhões até 2025.

Pelo menos 243 agências serão convertidas em postos de atendimento e oito postos de atendimento serão transformados em agências.

Outras 145 unidades de negócios serão transformadas em lojas Banco do Brasil, sem guichês de caixas.

Compartilhe: