Aspirina diminui chance de morte por câncer de intestino

Postado em 30 abril 2012 16:00 por jeacontece
15.292.411/0001-75

Uma nova pesquisa divulgada esta semana reforça as evidências sobre os benefícios da aspirina no tratamento de diversas doenças. Cientistas holandeses realizaram testes com pacientes com câncer de intestino e descobriram que as pessoas que tomaram 80mg diários do medicamento – dose considerada baixa – por pelo menos nove meses eram 30% menos propensas a morrer durante um período de acompanhamento de três anos e meio.

OUTROS RESULTADOS:
O efeito se mostrou ainda mais potente para os pacientes diagnosticados com câncer de cólon, ao contrário do câncer de reto, diminuindo em 39% a chance de morte. O estudo, no qual pesquisadores holandeses avaliaram ao menos 4500 pacientes com câncer de intestino, reforça um outro trabalho britânico publicado no início deste ano que descobriu que a aspirina não apenas previne o desenvolvimento de uma série de cânceres, mas também evita que eles se espalhem para outros órgãos. O trabalho holandês foi publicado no “British Journal of Cancer“.

– Nossas descobertas podem ter implicações clínicas profundas. Neste estudo, mostramos o efeito terapêutico de uma droga amplamente disponível e barata. É possível que as pessoas mais velhas tenham outros problemas de saúde que indicam que não estão bem o suficiente para passar pela quimioterapia – comentou Gerrit-Jan Liefers, do Centro Médico da Universidade Leiden, na Holanda.

O Globo

Postado em 30 abril 2012 16:00 por jeacontece
15.292.411/0001-75

NOTÍCIAS RELACIONADAS


TAPERA TEMPO

Desenvolvido com 💜 por Life is a Loop