Apresentado o Plano Municipal de Saneamento de Tapera

Saneamento é controle de todos os fatores do meio físico do homem, que exercem ou podem exercer efeitos nocivos sobre o seu bem-estar físico, mental e social

A Audiência Pública foi realizada na Sala de Reuniões da Prefeitura, na noite desta terça-feira (23), com uma boa presença de público, representado por todos os segmentos da comunidade, o que por si só denota a importância que o saneamento básico tem para a vida dos cidadãos.

Abrindo o encontro o prefeito Ireneu Orth fez uma exposição de motivos da elaboração do Plano Municipal de Saneamento, dizendo tratar-se de uma exigência do Ministério das Cidades, com um prazo de execução de 20 anos, e que deverá ser realizado por todos os municípios brasileiros.

O plano apresentado na ocasião, é uma projeção de como devem ser estruturados alguns serviços essenciais à qualidade de v ida da população, abrangendo abastecimento de água potável, coleta e tratamento de esgoto, manejo de resíduos sólidos e escoamento de águas pluviais. Através desse Plano Municipal, que deverá ser transformando em Lei, o Município poderá buscar recursos federais para executar obras apontadas pelo diagnóstico que tem até a metade de 2013 para a sua conclusão.

A seguir o arquiteto Joaquim Danielli, o fiscal Alexandre Kronbauer e a diretora do Meio Ambiente Paula Rizzi, integrantes do Comitê Local, fizeram uma exposição detalhada do Plano elaborado a partir da capacitação ministrada pela Inova Consultoria Ambiental, empresa contratada pelo COMAJA para assessorar os 23 Municípios conveniados.

A partir desse Plano Municipal de Saneamento, a comitê gestor vai realizar, através de um questionário, a coleta de informações em todos os segmentos da comunidade taperense, trabalho que contará com a participação dos Agentes de Saúde e que objetivará a elaboração de um documento para consulta dos órgãos municipais, empresas privadas e de todos os cidadãos, com a criação de um banco de dados do sistema de saneamento, a situação atual do Município frente aos serviços de saneamento, propostas de programas e projetos a serem implementados e cronograma de execução de propostas.

O documento se constitui numa radiografia do saneamento no Município de Tapera, descrevendo a situação atual de cada um dos quatro componentes do saneamento básico: água, esgoto, resíduos sólidos e drenagem fluvial, contendo informações, análises e apontamento das causas de problemas e dos seus impactos nas condições de vida da população e indicação de programas para recuperação das áreas problemáticas.

(Assessoria de Imprensa – Prefeitura de Tapera)

Compartilhe: