Aprendizes do Campo da Cotriel apresentam projetos

Postado em 14 janeiro 2022 08:48 por jeacontece
15.292.411/0001-75

Na tarde desta terça-feira, 11, no Auditório da Afeco, alunos do Programa Aprendiz Cooperativo do Campo da Cotriel apresentaram seus projetos desenvolvidos nos primeiros sete meses na turma, que iniciou em junho de 2021.

Na abertura, a presidente da Coeducars, Fátima Hallal elogiou o nível dos trabalhos e o empenho dos estudantes em envolver seus pais nas iniciativas: “O trabalho feito pelos professores em motivar vocês foi importante, mas ainda o que pudemos perceber é que todos pensaram diferente, com iniciativas que em alguns casos visam gerar renda e lucro e outras são para o consumo próprio. Pudemos perceber que todos mencionaram a importância da família e, desta forma, todos entenderam que este projeto é mais do que apendas aprender, mas gostar da propriedade”, frisou.

Leocezar Nicolini, presidente da Cotriel, disse em sua manifestação que o programa fomenta a sucessão familiar, mas que esta só vai ocorrer se for estimulada pela família, pelos pais e a cooperativa: “A semente que foi plantada neste projeto vem de encontro ao que nós acreditamos, que é o agronegócio, grande responsável pelo crescimento do PIB do Brasil e que durante a pandemia não parou e que segue mesmo em um ano difícil como este. Sei que nem todos irão continuar na propriedade e se inteirar dos negócios da sua família, mas tenho certeza que vocês estão tendo oportunidade de estudar e conhecer o agro para poder falar bem dele, a fim de conscientizar muitas pessoas que sem conhecimento de causa falam mal da agricultura, uma atividade segura, sustentável e que produz alimento. Por isso, a Cotriel, seus pais e famílias tem trabalhado a fim de levar informação, tecnologia e informação a fim de que todos possam produzir e ter renda independente da atividade que está inserida. Esta será a primeira turma de muitas que irão proporcionar um futuro brilhante para o setor agrícola na região”, finalizou.

Logo após 12 dos 20 jovens desta primeira turma apresentaram suas iniciativas. Cláudia Santos, da Serra dos Engenhos, demonstrou a aplicação da horta e da implementação da galinha poedeira. Eduardo Hefler, de Alto Alegre, criação de galinha consorciada com horta; Geovana Gugel, do Pontão do Butiá, Horta familiar; Gustavo Gardin, do Alto Tigreiro, criação de galinhas caipiras; Indridy Fiuza, da Serra dos Engenhos, estufa de produção de hortaliças; Ingridi Ottoni, de Rincão do Bugre: agricultura sustentável; Julia Zuchelli, do Alto Tigreiro, criação de abelhas sem ferrão; Luiz Henrique Schimitz, do Campo Comprido, criação de coelhos; Marieli Zanatta da Silva, da Serra dos Engenhos, criação de peixes; Milena Bigaton, do Arroio da Prata, criação de galinhas e Tauan de Oliveira, de Eucaliptos, Horta canteiro produtivo.

Ao final, o nível dos trabalhos foi elogiado. Em suas manifestações, a assessora administrativa Ana Beatriz Gava e a gerente de gestão de pessoas da Cotriel, Stela Scharlau frisaram toda a busca de conhecimento dos alunos em desenvolver os projetos na prática bem como o trabalho da Coeduars e os professores em orientar os alunos.

Fotos e vídeos: Júlia Malmann Tatsch

Postado em 14 janeiro 2022 08:48 por jeacontece
15.292.411/0001-75
Tags:

NOTÍCIAS RELACIONADAS


TAPERA TEMPO

Desenvolvido com 💜 por Life is a Loop