Anvisa interdita lote de ketchup Heinz após identificação de pelo de roedor

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a proibição da venda do lote 2K04, com validade de janeiro de 2014, do ketchup da marca Heinz em todo o país. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça, dia 20. A medida ainda prevê o recolhimento do produto em todo o Estado de São Paulo. A agência confirmou a detecção de “fragmentos de pelo de roedor no produto”.

Segundo o texto do DOU, a suspensão da venda leva em conta “o laudo emitido pelo Instituto Adolfo Lutz, cujo resultado foi insatisfatório por detectar fragmentos de pelo de roedor no produto Tomato Ketchup, marca Heinz, lote 2k04, prazo de validade janeiro de 2014, em contrariedade à resolução da Anvisa”.

A agência determinou a “interdição das unidades que forem encontradas bem como o recolhimento pela empresa Coniexpress S/A Indústrias Alimentícios”, que importou o alimento do México.

A denúncia de que pelos de roedores haviam sido encontrados dentro de embalagens do produto foi feita pela Associação de Consumidores Proteste em fevereiro deste ano. Na época, a agência não retirou o produto dos supermercados por avaliar que os testes não haviam sido feitos em laboratórios oficiais.

(RURALBR)

Compartilhe: