Amaja se reuniu em Selbach

Integrando a programação da XI Blumenfest, que se realizou em Selbach, de 19 a 22 de setembro, a Amaja (Associação dos Municípios do Alto Jacuí) realizou sua reunião mensal naquele município. O encontro, que reuniu prefeitos, vice-prefeitos e secretários municipais, deu-se na Câmara de Vereadores, às 16h.

O presidente da Amaja e prefeito de Ibirubá, Carlos Jandrey, falou sobre a marcha que os prefeitos realizarão a Porto Alegre, no próximo dia 30, quando irão até o governador Tarso Genro reivindicar os repasses que não estão sendo feitos pelo Estado aos municípios, e que estão causando sérios problemas a eles. A região levará três reivindicações ao governador: o transporte escolar estadual, que está sendo bancado pelos municípios há muitos anos, quando este é uma obrigação do Estado; o cumprimento dos pedidos feitos pelos municípios nas Consultas Populares já realizadas; e a antecipação do ICMS, que daria um pouco de oxigênio às prefeituras nesta reta final de ano.

Conforme o presidente do Comaja e prefeito de Tapera, Ireneu Orth, o corte nos serviços nos municípios é geral devido ao não repasse dos recursos que cabem a eles do Estado e da União. “A situação por que passam os municípios é muito delicada em função da falta dos recursos que são dos municípios e que não estão sendo repassados a eles pela União e Estado. Com isso, sem dinheiro, os municípios terão de fazer o possível e o impossível para cortar despesas e manter a máquina pública, pelo menos os serviços essenciais, funcionando”, disse. Orth foi além. “Para se ter uma ideia, até este ano o Tribunal de Contas do Estado está visitando os municípios com até 20 mil habitantes. Eles estão apontado tudo. Ano que vem, os seus técnicos começarão a visitar os municípios menores de 20 mil habitantes, a maioria dos nossos, exigindo as mesmas coisas. A situação é difícil e ficará ainda mais para os municípios com as exigências que serão feitas”, disse.

A questão das receitas próprias também foi debatida. No encontro que o Comaja realizará no dia 10 de outubro, em Tapera, os perfeitos deverão dizer se os seus municípios entrarão no grupo que pretende contratar uma empresa de auditoria para tratar sobre o assunto.

Ireneu Orth comunicou aos colegas que o governador Tarso Genro deverá estar em Tapera no próximo dia 10 de outubro, participando da Expotapera, e poderá assinar a liberação do recurso – R$ 4,6 milhões – que possibilitará a abertura da licitação para contratação das câmeras de videomonitoramento.

Compartilhe: