Aécio: Dilma tentou se apropriar da Copa e vai pagar o preço

Aécio esteve em Vila Velha (ES) em ato político do candidato a governador, Paulo Hartung (PMDB), e seu vice, César Colnago (PSDB)

O candidato do PSDB à Presidência, senador Aécio Neves (MG), afirmou nesta quinta-feira que o governo federal vai “pagar o preço” pela eliminação da Seleção Brasileira na Copa do Mundo após tentar “se apropriar de um evento que é de todos os brasileiros”. “Copa do Mundo é uma coisa, eleição é outra. O governo da presidente Dilma é que, infelizmente, a cada momento, tem uma reação diferente. Quando vieram as manifestações, ela não tinha nada a ver com Copa do Mundo. Quando a Copa dá certo, parecia até que era ela a artilheira da Seleção”, disse.

Para o tucano, ele nunca “misturou as coisas”. “Estive lá, como torcedor, no Mineirão, atônito com aquele resultado, e nunca misturei as coisas. Mas aqueles que esperavam fazer da Copa do Mundo, como disse a presidente, uma belezura para influenciar nas eleições, vão se frustrar.”

Dilma usou o termo “belezura” na última segunda-feira, em uma conversa com usuários do Twitter. Uma internauta afirmou que a Copa do Mundo estava uma “belezura, contra “tanto urubu agourento no caminho”, e a presidente respondeu: “Belezura mesmo. Azar dos urubus”.

Aécio esteve nesta quinta-feira em Vila Velha, no Espírito Santo, em um encontro com o candidato do PMDB ao governo do Estado, Paulo Hartung.

(Terra)

Compartilhe: