Administração Municipal victorense instaura sindicância

VICTOR GRAEFF – O prefeito Paulo Godoi, seguindo orientações do Departamento Jurídico da Prefeitura, determinou a abertura de uma sindicância para investigar o real motivo da quebra da retroescavadeira LP 100, da Secretaria de Obras. Conforme o secretário de Obras, Roque Claudiomiro Voigt, na sexta-feira (18), enquanto a máquina trabalhava em São José da Gloria, um problema foi constatado no orque do equipamento que teve de parar o trabalho e retornar ao galpão.

Esta máquina foi adquirida junto a Shark Máquinas, de Passo Fundo, e toda assistência é prestada pela empresa, sendo que na segunda-feira (21), um mecânico da empresa foi enviado para averiguar a situação. Com a retirada do óleo e do filtro foi constatado a presença de terra dentro do torque. A terra faz com que as peças se desgastem causando um atrito e conseqüentemente a quebra das engrenagens. A retroescavadeira foi levada para a oficina especializada da Shark Máquinas para uma avaliação do estado das peças, com reparo e troca das danificadas.

Os trabalhos da Secretaria de Obras ficaram atrasados em função da perda da retroescavadeira que era de suma importância na recuperação de estradas e extensão de redes de água. No dia 1º de junho já serão três semanas sem o equipamento, o que prejudica o andamento das obras e principalmente a população que fica sem receber atendimento que vinha sido prestado por falta do maquinário.

A sindicância irá investigar a quanto tempo a terra estava na retroescavadeira, tendo em vista que a terra não desgasta as peças de forma instantânea e como foi parar dentro da máquina ocasionando assim a quebra do equipamento. O sistema de câmeras instalado nas dependências da Prefeitura irá auxiliar na investigação que levantará dados e conversar com os funcionários para chegar a uma conclusão.

Segundo o prefeito Paulo Godoi, é uma situação lamentável. “A população é a principal prejudicada com o que aconteceu e por isso vamos investigar e conseqüentemente tomar as medidas necessárias caso haja confirmação de adulteração na máquina.” Se for confirmado que a terra foi colocada propositalmente dentro da retro escavadeira a primeira medida é prestar queixa na polícia”, disse o prefeito.

(Jaques Petry – Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Victor Graeff)

Compartilhe: