Acidentes deixam 12 mortos no Estado desde sexta-feira

O final de semana das eleições municipais começou violento no trânsito no Rio Grande do Sul. Desde a tarde de sexta-feira até o final da manhã de sábado, pelo menos 12 pessoas haviam morrido em acidentes, o mais grave deles nas Missões, com quatro vítimas fatais.

Mesmo o calejado sargento do Corpo de Bombeiros de Santo Ângelo, Enio Claudir Ribeiro, ficou espantado com a violência da cena encontrada no final da noite de sexta-feira na rodovia ERS-344, no trecho que liga Giruá a Santo Ângelo. Dois veículos ficaram destroçados depois de uma colisão violenta. Em um deles, um Fiat Uno, quatro jovens morreram. No outro, um Polo, um outro jovem ficou preso às ferragens.

Os ocupantes do Fiat eram parentes e residiam em Giruá: Guilherme Becker de Paula, 19 anos, Samuel Ricardo Becker, 19 anos, Karina Goi, 15 anos, e Katiely Goi, 17 anos. O motorista do Polo, um jovem de 22 anos, está internado no hospital de Santo Ângelo, em observação.

— A violência do acidente foi impressionante. Trabalhamos uma meia hora para retirar o motorista ferido das ferragens — comentou o sargento.

O acidente interrompeu a rodovia por cerca de uma hora, que tem um intenso trânsito de caminhões. Na manhã de sábado, os policiais do Comando Rodoviário de Santo Ângelo da Brigada Militar estavam completando informações sobre o episódio. A Polícia Civil investigará o caso.

Choque entre caminhões deixou três pessoas mortas
Em Garibaldi, dois caminhões e uma ambulância se envolveram em um acidente que resultou em três mortos na noite de sexta-feira no km 222 da rodovia Garibaldi-Bento Gonçalves (RSC-470). Os dois caminhões, um Mercedes e um Ford, se chocaram de frente. Morreram o condutor do Mercedes, Valdemir Roque Coitinho, 51 anos, e duas pessoas que viajavam no Ford, Reni Flesch, 24 anos, e Alexandre Steinhaus, 24 anos, que chegou a ser encaminhado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Ninguém se feriu na ambulância.

Outro acidente violento aconteceu em Mata, no centro do Estado, na noite de sexta-feira. O choque entre um Fusca e um caminhão deixou dois mortos na ERS-532, rodovia que liga o município de Mata, no centro do Estado, à BR-287 (que faz ligação com São Vicente do Sul). Enio Della Pace, 50 anos, e Erlete da Silveira Della Pace, 77 anos, estavam no carro e morreram no local.

Outros acidentes

Sexta-feira
Coxilha — Um jovem de 24 anos morreu às 15h30min no km 16 da rodovia Passo Fundo-Coxilha (ERS-135), no norte do Estado. Ele conduzia um Palio quando se chocou de frente contra um caminhão. O acidente causou congestionamento de mais de cinco quilômetros na estrada.

16 de Novembro — Um motociclista morreu às 18h45min em um acidente no município de 16 de Novembro, próximo a Santo Ângelo, na região das Missões. Carlos Hackenhaar Kist, 36 anos, conduzia uma motocicleta Yamaha XTZ 125, que colidiu com a traseira de um caminhão no km 18 da na rodovia 16 de Novembro-São Nicolau (ERS-561). Kist foi encaminhado ao Hospital de São Luiz Gonzaga, mas chegou sem vida.

Sábado
Gravataí — O motorista de um Palio morreu no choque contra um caminhão às 6h30min no km 13 da rodovia Sapucaia do Sul-Gravataí (ERS-118). A vítima ainda não havia sido identificada durante a manhã de sábado.

Clicrbs

Compartilhe: