Ação Social de Tapera de casa nova

Ontem, às 14h, fazendo parte da lista de inaugurações que a administração municipal taperense realizará entre os dias 29 de março e 02 de abril, foi aberta as novas instalações do Departamento Municipal de Assistência Social, que se transferiu do antigo Posto de Saúde, na Rua Duque de Caxias, para o antigo endereço da EMEI Mundo da Criança, que por sua vez mudou para suas novas instalações na Avenida Dionísio Lothário Chassot, na Rua Guido Mombelli. No local, que foi pintado e reformado, funcionou por vários anos o Conselho Comunitário de Assistência Social de Tapera.

Na solenidade, que foi abençoada pelo padre Osório Serrão, estiveram presentes o prefeito Ireneu Orth, o vereador Claudio Schultz, representando o presidente da Câmara de Vereadores, Luiz Carlos dos Santos; a diretora do Departamento de Ação Social, Marli Siqueira; e servidores do Departamento.

TRABALHO SOCIAL AMPLO

Segundo a diretora Marli Siqueira, o trabalho da Assistência Social é extenso e abrange inúmeras famílias. As famílias que se encontram em dificuldades, desempregadas ou cuja renda mensal é de até R$ 140,00, podem se inscrever nos programas sociais oferecidos.

Mensalmente, 350 famílias recebem o Bolsa Família, 30 famílias recebem benefícios eventuais e mais 400 participam do Programa Tarifa Social do desconto da luz, atingindo um número expressivo de famílias cadastradas nos projetos sociais.

No Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), que está inserido no Departamento de Ação Social, são desenvolvidos programas e projetos de inclusão sócio-familiar-comunitário através de acolhida e recepção, escuta, encaminhamento, oficinas de geração de renda, grupos diversos de (crianças, adolescentes, adultos e idosos), dentre outros.

São atendidas no CRAS 60 crianças, no ASEMA, e 30 adolescentes, no Projovem; todos recebendo atendimento com oficinas diferenciadas, como de dança, artesanato, capoeira, violão e recreação. E em torno de 100 mulheres nos Grupos de Geração de Renda, aprendem artesanato para contribuir na renda da família.

No Centro de Convivência do Idoso são atendidos cerca de 50 idosos que realizam atividades diversas como dança, artesanato, jogos e canto, oferecendo momentos de reflexão e resgate da autoestima, favorecendo a troca de experiências de vida, conhecimentos e lazer.

(Assessoria de Imprensa – Prefeitura de Tapera)

Compartilhe: