Acadêmicos de Administração elaboraram propostas de planejamento estratégico para associações de catadores

CRUZ ALTA – Acadêmicos da disciplina de Planejamento Estratégico do curso de Administração da Universidade de Cruz Alta, ministrada pelo professor Carlos Eduardo Moreira Tavares, apresentaram na segunda-feira (25) as propostas de planejamento estratégico para as associações de catadores do Projeto Profissão Catador, executado pela Unicruz com patrocínio da Petrobras.

A atividade foi desenvolvida a partir da articulação entre o Prof. Carlos Eduardo Moreira Tavares e a coordenadora do Projeto, Prof. Enedina Teixeira. A intenção desta iniciativa foi proporcionar aos acadêmicos da disciplina a aplicação prática dos conteúdos desenvolvidos em sala de aula nas associações de catadores do projeto, permitindo, assim, articulação entre ensino, pesquisa e extensão. Além disso, segundo o professor, a atividade proporcionou a análise dos trabalhos desenvolvidos pelas associações e a criação de estratégias para o melhor desempenho das mesmas.

As propostas de planejamento foram apreciadas pela equipe de trabalho do Projeto, composta pelas professoras Enedina Teixeira e Isadora Virgolin, além das assistentes sociais Lidia Picasso e Luciane Beick, da analista financeira Ana Lucia Pinheiro e do publicitário Vinicius Campos. Ao final das apresentações, os convidados fizeram suas considerações sobre as propostas, ressaltando o grande envolvimento dos alunos na atividade e a excelente contribuição.

O professor Carlos Eduardo salientou que o trabalho realizado pelos acadêmicos proporcionou a aproximação do futuro profissional de Administração com a realidade vivida por uma organização, e que a articulação do ensino, pesquisa e extensão ficou evidente nos relatos dos alunos.

Outro aspecto destacado foi quanto à conscientização dos acadêmicos que participaram da atividade em relação à necessidade de melhorar os hábitos de separação do lixo. Segundo alguns acadêmicos, esta conscientização ultrapassou os envolvidos em sala de aula e chegou a seus familiares, possibilitando uma discussão aprofundada do tema e uma mudança de hábitos.

(Assessoria de Imprensa – Unicruz)

Compartilhe: