Abertura oficial da colheita da soja no RS será em Tupanciretã

Postado em 07 março 2014 07:08 por JEAcontece
15.292.411/0001-75

O município de Tupanciretã, no Centro do Estado, será sede da 7ª Abertura Oficial da Colheita da Soja. Com data definida para o dia 29 de março, o evento é promovido pelo Governo do Estado, através da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Agronegócio, e pela Associação dos Produtores de Soja do RS (Aprosoja). Durante o evento serão realizados painéis que discutirão políticas públicas necessárias para o setor, numa visão de sustentabilidade da cadeia e dos produtores, a médio e longo prazo.

A data foi definida em reunião que contou com a presença do secretário adjunto da Agricultura, Claudio Fioreze. Na ocasião, ele destacou a importância do evento, uma vez que a soja é a principal cultura do Estado e que, nesta safra, deve alcançar uma produção de 12 a 13 milhões de toneladas. “Estamos investindo em importantes ações e programas para o fortalecimento desta e das demais culturas, como é o caso dos programas estaduais Mais Água, Mais Renda, Correção de Solos e RS Mais Grãos, além dos incentivos na secagem e armazenagem de grãos na propriedade. Estes programas vão contribuir com a produção e produtividade do Estado”, salientou Fioreze.

O presidente da Aprosoja, Décio Teixeira, defendeu a necessidade de incluir nos temas técnicos a grande gama de subprodutos da soja e a realização de um painel com representantes da Embrapa Soja, de Londrina/PR para debater o assunto. Além disso, destacou a necessidade de um debate em torno da problemática futura dos royalties da soja.

Já o coordenador das Câmaras da Agroenergia, Soja e Infraestrutura, Valdir Zonin, destacou a necessidade do debate envolvendo os agricultores e a cadeia produtiva da soja, bem como a realização de atividades técnicas. “Precisamos debater o futuro da soja, como por exemplo, se continuaremos sendo grandes exportadores de grãos, com baixo valor agregado, ou se devemos incrementar nossa infraestrutura de armazenamento e agroindústrias, para transformar a soja em biodiesel, óleo comestível, farelos, alimentos e carnes, podendo assim triplicar o nosso PIB e o valor da produção”.

A prefeitura de Tupanciretã, juntamente com as demais entidades locais, devem definir nos próximos dias a propriedade sede do evento, levando em consideração critérios técnicos de localização, acesso e previsão de colheita nestes dias, bem como, a infraestrutura necessária para a realização do evento. Também participaram do encontro o prefeito em exercício de Tupanciretã, Gustavo Lirio, o prefeito de Tapera e vice-presidente da Aprosoja, Irineu Orth, e o presidente da Fepagro, Danilo dos Santos.

Rádio Progresso de Ijuí

Postado em 07 março 2014 07:08 por JEAcontece
15.292.411/0001-75
TAPERA TEMPO

Desenvolvido com 💜 por Life is a Loop