Abertas inscrições para o I Fórum de Cidades Digitais do Alto Jacuí

Será em Tapera, o terceiro município a sediar evento da Rede Cidade Digital no estado do Rio Grande do Sul

O ano começa no Alto Jacuí com uma novidade e oportunidade para os municípios da região. A Prefeitura de Tapera e a Rede Cidade Digital promovem, no dia 17 de março, o I Fórum de Cidades Digitais do Alto Jacuí, destinado a prefeitos, gestores, secretários municipais e vereadores para tratar do desenvolvimento das localidades através de investimentos em tecnologia. As inscrições para o evento são gratuitas para servidores públicos e devem ser feitas pelo http://forum.redecidadedigital.com.br/.

O objetivo, segundo o diretor da Rede Cidade Digital (RCD), José Marinho, é promover a troca de experiências e apresentar ideias, soluções e iniciativas que possam contribuir com o planejamento e execução de ações nas localidades. “É a oportunidade para que os gestores conheçam detalhes do que se tem feito pelas cidades e como implantar projetos para aprimorar os serviços públicos e melhorar a vida das pessoas”, disse ele, acrescentando que o evento propõe apresentar além de modelos, serviços de mercado, políticas públicas e linhas de financiamento visando estimular o surgimento das cidades digitais e inteligentes no Alto Jacuí.

Marinho ressalta que as cidades adiantadas tecnologicamente estão tomando a frente no processo desenvolvimento e se tornando ambientes mais atrativos para investidores. “Significa, principalmente, que as administrações municipais estão tornando-se mais ágeis, desburocratizadas e eficientes, melhorando a vida das pessoas e ainda reduzindo custos”, completou o diretor da Rede Cidade Digital.

Tapera é umas das pioneiras na região em se tratando do uso da tecnologia na gestão. O projeto mais recente em andamento é o Administração Municipal Sem Papel, pensando em tornar os trâmites de processos mais ágeis e na economia. Além disso, a infraestrutura que dá suporte para a definição de iniciativas, como a distribuição do sinal de internet gratuito em pontos públicos e câmeras de segurança nas vias urbanas, conta com 36 km de fibra óptica e interliga 29 prédios públicos, distribuídos entre área urbana (12 km) e interior (24 km), e 50MB Full de velocidade.

Cidades Digitais – Este é o terceiro evento do gênero realizado no Estado. Em 2015, São Sepé e Gramado sediaram os Fóruns Regionais do Centro do RS e Serra Gaúcha, reunindo representantes ao todo de aproximadamente 50 localidades. Tapera, inclusive, foi uma das iniciativas apresentadas aos gestores da região central do Estado. “Cada situação é uma, mas em linhas gerais vale para todos. Além da eficiência, se tem uma informação mais precisa. Você tem que acompanhar a evolução das coisas se não fica para traz. Tem que aproveitar todos os mecanismos”, avaliou o prefeito Ireneu Orth sobre os benefícios da cidade digital no desenvolvimento econômico e social.

(Assessoria de Imprensa da Rede Cidade Digital)

Compartilhe: