A primeira sessão do Café com Leitura em Tapera

Lançado por ocasião da abertura da Feira do Livro, o projeto “Café com Leitura”, da Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Desporto e Lazer, teve a sua sessão inaugural realizada na tarde desta quarta-feira (12), na Biblioteca Pública Municipal.

“Café com Leitura” é mais uma ação de incentivo à leitura a exemplo da Caravana da Leitura e consiste em aproximar as pessoas dos livros, num processo que contribui para a vivência da cultura no Município.

Conforme a secretária de Educação, Sueli Linné, é preciso intensificar as ações culturais para fazer jus ao título Tapera- Cidade Cultura.

“É uma grande responsabilidade”, admitiu a secretária, destacando que este importante título orgulha a todos os taperenses.

Nessa primeira sessão do “Café com Leitura”, o tema foi a vida e obra da escritora Lydia Mombelli da Fonseca, cidadã taperense, cujo centenário de nascimento está sendo comemorado em Tapera desde o dia 09 de maio, com a realização de uma diversidade de trabalhos pelas escolas municipais, estaduais e particulares, bem como homenagem especial na 22ª Feira do Livro.

Inicialmente foi apresentado um audiovisual com depoimentos de crianças das escolas Pequenos Brilhantes e Salgado Filho, de São Rafael e, também, de algumas pessoas da comunidade, citando Lydia e sua relação com os livros e com Tapera.

Posteriormente, em forma de mesa redonda, os participantes da sessão discutiram e comentaram a vida e obra da escritora taperense oportunizando um bate papo descontraído, com resgate de história de vida dessa escritora e poetisa, que integrou o seleto grupo da Academia Riograndense de Letras.

O próximo “Café com Leitura” será no dia 31 de outubro, quando estará em discussão o livro “A Menina que podia Voar” do escritor taperense Vinicius Linné, obra lançada na recente Feira do Livro, considerando ser outubro o mês em que se comemora o Dia da Criança e do Professor.

(Assessoria de Imprensa – Prefeitura de Tapera)

Compartilhe: