A geada em Victor Graeff

A paisagem do município de Victor Graeff amanheceu com um aspecto diferente nesta manhã (08). O inverno começa a dar as caras para os gaúchos e traz consigo suas peculiaridades. As geadas ocorrem frequentemente durante o outono e o inverno, e até mesmo na primavera. Esporadicamente, pode gear também durante o verão nas partes mais elevadas das serras e planalto. Com exceção das áreas litorâneas e do extremo norte, ocorrem geadas anualmente em todo o resto da região.

Quando a temperatura do ar de uma região cai abaixo do ponto de congelamento da água (0° C), pode ocorrer uma geada. Ela ocorre, pois o vapor de água existente no ar, ao cair da noite, se transforma em cristais de gelo.

Estes cristais de gelo costumam cobrir a vegetação, originando ao amanhecer uma linda paisagem como pode ser visto em Victor Graeff e demais municípios da região pela manha. Porém, a geada dificulta o desenvolvimento das plantas. Isto ocorre, pois a seiva das plantas pode congelar, impossibilitando o perfeito funcionamento das células vegetais. Os frutos também são prejudicados, uma vez que a baixa temperatura dos cristais de água pode queimá-los, principalmente, quando estão no começo do desenvolvimento. Quando a temperatura do ar de uma região cai abaixo do ponto de congelamento da água (0° C), pode ocorrer uma geada. Ela ocorre, pois o vapor de água existente no ar, ao cair da noite, se transforma em cristais de gelo. Os maiores prejuízos ocorrem com as plantações de café, de frutas cítricas e demais frutas de clima temperado e produtos hortigranjeiros.

Para evitar maiores perdas, os produtores devem tomar algumas medidas para diminuir os danos e prejuízos com a geada. Fazer um seguro agrícola como principal forma de reduzir possíveis prejuízos, restringir o plantio de espécies sensíveis ao frio e cultivá-las em ambiente protegido e evitar o plantio em baixadas e em encostas baixas.

(Jaques Petry – Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Victor Graeff)

Compartilhe: