192 municípios são pré-selecionados para projeto de Cidades Digitais

O programa do governo que prevê informatização de todos os equipamentos públicos, oferta de internet sem fio para populaçãi e fornecimento de e quatro aplicativos para as áreas de saúde, educação, finanças e tributária está começando a caminhar. De acordo com o Ministério das Comunicações, já foi iniciado o processo de escolhas dos locais que deverão se tornar as Cidades Digitais. Das 263 cidades que enviaram propostas, 192 foram habilitadas e participarão da segunda etapa do processo.

A região Nordeste, com 105 cidades habilitadas, foi a que mais enviou projetos. As demais regiões tiveram 87 municípios pré-selecionados, sendo 34 do Sul, 29 do Sudeste, 18 do Norte e 6 do Centro-Oeste. Nesta nova fase de seleção, toda a documentação apresentada pelos gestores municipais será avaliada por uma comissão técnica, que deverá escolher os 80 municípios que serão contemplados.

De acordo com o edital, são critérios de preferência cidades com até 50 mil habitantes, cidades das regiões Norte e Nordeste, municípios com menor Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal – que acompanha o desenvolvimento de todos os 5.564 municípios brasileiros em três áreas: Emprego & Renda, Educação e Saúde – e municípios com menor densidade domiciliar de acesso à banda larga. Outro critério de classificação será a indicação de equipe de servidores públicos permanente para o treinamento e gerenciamento do projeto.

RS – No Rio Grande do Sul são 16 as cidades beneficiadas: Boqueirão do Leão, Cacequi, Candelária, Canudos do Vale, Cruzeiro do Sul, Entre-Ijuís, Forquetinha, Jarí, Marques de Souza, Não Me Toque, Nova Bassano, Progresso, Santo Ângelo, São Borja, São Miguel das Missões e Sério.

Olhar Digital

Compartilhe: