IBIRAPUITÃ – Participação da Emater/RS-Ascar na Caravana da Inclusão do RS Mais Igual é destacada pela Casa Civil

Na tarde do dia 12 de dezembro, quinta-feira, a equipe do Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar de Ibirapuitã participou das atividades da Caravana da Inclusão realizadas no Parque Centenário Rui Ortiz, em Soledade.

O evento, promovido pela Chefia da Casa Civil do Rio Grande do Sul, reuniu autoridades e beneficiários do Programa RS Mais Igual dos 16 municípios da região do COREDI do Alto da Serra do Botucaraí, para apresentar as ações realizadas por meio do Programa junto às famílias já participantes no Estado para o público presente e os critérios de seleção das mesmas.

Segundo o representante da Casa Civil e coordenador regional do Programa RS Mais Igual, Daniel Reis Ninov, a Caravana da Inclusão é um método de apresentação do Programa, mostrando as modificações e os avanços obtidos de maneira mais próxima possível dos beneficiários. “Nós viemos caminhando pelo Estado inteiro e estabelecemos o critério de reunir os beneficiários e gestores em todos os COREDIS para que a gente tenha contato direto e apresentar como funciona o Programa RS Mais Igual e, nesse caso especialmente, o complemento ao Programa Bolsa Família que o governo estadual está desenvolvendo aqui e em todas as regiões”, expõe Ninov.

O Programa tem por objetivo enfrentar o quadro de extrema pobreza no Estado, sendo que, até dezembro de 2014, a meta é atingir 98 mil famílias gaúchas que se encontram em situação de extrema pobreza. Dessas, 1.295 das famílias beneficiadas residem na região do COREDI Botucaraí.

Para tanto, o Governo do Estado irá trabalhar em três frentes: a transferência de renda; o acesso aos serviços públicos e a geração de oportunidades com a inclusão produtiva das famílias. Outra ação do RS Mais Igual é complementar a renda de famílias que possuam crianças de zero a seis anos, para que nenhuma dessas famílias receba menos que R$ 100,00 por integrante.

A ação da Emater/RS-Ascar foi destacada também por Ninov. “A Emater participou desde o início e tem sido fundamental para o desenvolvimento do nosso trabalho, pois a Instituição tem uma capilaridade muito grande e tem nos ajudado muito, inclusive auxiliando os municípios a encontrar as famílias que ainda são invisíveis aos olhos do poder público”, expõe o representante da Casa Civil.

Para participar do Programa RS Mais Igual, as famílias devem estar no Cadastro Único e, consequentemente, ser beneficiária do Programa Bolsa Família e possuir criança de zero a seis ano no seio familiar e renda inferior a R$ 100 por pessoa. Para ingressar no Programa, as famílias interessadas devem procurar a Secretaria de Assistência Social do seu município.

(Assessoria de Imprensa – Prefeitura de Ibirapuitã)