Rodrigo Maia defende votação presencial na eleição para a presidência da Câmara

Vinte deputados federais do PSL vão ser julgados pelo Conselho de Ética do partido após terem assinado uma lista que tentava transferir o apoio oficial da legenda de Baleia Rossi para Arthur Lira na eleição à presidência da Câmara.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, disse que cabe à Mesa Diretora da Casa apenas referendar a posição oficial do partido. “Cabe apenas à mesa diretora, o registro da decisão dos partidos. Transfere muito poder às cúpulas partidárias, a gente não tem dúvida nenhuma.

Frederico Brasil / Estadão Conteúdo