Secretarias do RS emitem notas de repúdio pelo assassinato de cidadão negro

A Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SJCDH) e o GT Combate à Violência Contra a População Negra, manifesta repúdio e lamenta o óbito de João Alberto Silveira de Freitas em razão de brutal agressão sofrida pela ação desmedida de seguranças. O fato ocorreu na noite do dia 19 de novembro, em supermercado no bairro Passo d’Areia, zona norte de Porto Alegre.

Hoje, a nossa Porto não amanheceu alegre, pois nesta data, 20 de novembro, em que pretendíamos celebrar o Dia da Consciência Negra, dia de reflexões, saudações, resgate e reforço da cultura e tradições negras em todo o país. O triste fato ocorrido com João Alberto Silveira de Freitas nos deixa envergonhados e consternados.

Registramos nossos mais sinceros sentimentos e orações de pesar à família, parentes e amigos pela perda de seu ente querido. A SJCDH estará atenta e acompanhará todas as ações para o acolhimento e apoio aos familiares da vítima.

Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos
A Secretaria de Estado da Cultura (Sedac) vem a público para dizer que repudia todo e qualquer ato de racismo. Lamentamos profundamente o fato ocorrido em supermercado na capital, resultando na morte violenta de um cidadão negro.

Reconhecemos o racismo estrutural histórico tão nefasto para o desenvolvimento social e econômico de nosso país. Estamos fazendo nossa parte para mudar essa realidade, trabalhando para a implementação de políticas públicas, construindo ações afirmativas permanentes para a população negra gaúcha.

Não podemos nos conformar diante do racismo e de qualquer forma de discriminação.

Vidas Negras Importam.

Governo RS