IBIRUBÁ – Casos controlados, mas a bandeira é vermelha e aglomerações estão proibidas

O Comitê Municipal de Combate e Enfrentamento a Covid-19 em Ibirubá confirma a situação tranquila no município, mas alerta que o RS ainda está na primeira onda do contágio de coronavírus. Continua o estado de emergência.

Casos controlados
A Secretaria Municipal de Saúde de Ibirubá divulgou, nesta semana, um gráfico mostrando a evolução do contágio de coronavírus, considerando-se as 46 semanas epidemiológicas da doença em 2020 até a data de 14/11. Com o aparecimento do primeiro caso de Covid-19 em Ibirubá (em 06/05), o município entrou na Epidemiologia da doença no RS na 19ª semana (considera-se a semana o período que vai do domingo até o sábado seguinte).

O gráfico mostra que, em Ibirubá, os casos começaram a disparar na 34ª semana (16 a 22/08), tendo o ápice nas semanas 36 e 37 (30/08 a 12/09), iniciando o declínio do número de casos, a partir da 38ª semana (13 a 19/09).

O Comitê Municipal entende que a sociedade deve, gradualmente, retomar suas atividades econômicas, sociais, culturais, desportivas e de lazer. Entretanto, deve ter a consciência de que, a exemplo do que está acontecendo na Europa e nos EUA, que já passaram a primeira onda e já retomaram as suas atividades, a contaminação iniciou novamente com um grande aumento do número de infectados e muitos com gravidades. E isto acontecerá aqui no Brasil também.

Assim, a questão dos cuidados é premissa fundamental para se ter controle da situação. “Quando do retorno às aulas presenciais, há de se trabalhar muito com os alunos a questão do novo normal, dos cuidados recomendados, pois eles são disseminadores junto às suas famílias”, destacou o médico da Secretaria de Saúde, Etiani Messerschmidt.

Bandeira Vermelha
Das 21 regiões do Modelo de Distanciamento Controle, sete delas estão classificadas em Bandeira Vermelha e 14 estão na Laranja nesta 28ª rodada do Distanciamento Controlado, orientação válida para a semana de 17 a 23/11/2020. A região de Cruz Alta permaneceu em Bandeira Vermelha (risco epidemiológico alto) devido ao número de internados ser alto no hospital de Cruz Alta, referência para a região.

Para saber com detalhes os critérios e protocolos a serem seguidos, acesse o site https://distanciamentocontrolado.rs.gov.br/. No final da página à direita, digite Ibirubá no espaço reservado de “Confira a classificação do seu município”. Selecione o setor/segmento de interesse e veja os critérios de ocupação e protocolos de prevenção a serem seguidos.

Novo Decreto proíbe aglomerações
O prefeito em exercício, Alberi Behnen, seguindo recomendação do Comitê Municipal, determinou a proibição de aglomerações de pessoas em vias e espaços públicos no horário compreendido entre às 19 horas do dia 20/11 até as 5 horas da manhã do dia 23/11 (segunda-feira).

A restrição está documentada no Art. 1º do Decreto 4.505, de 19 de novembro de 2020. No Art. 2º, fica permitido o funcionamento de estabelecimentos de alimentação, desde que respeitados os parâmetros de segurança epidemiológica elencados no protocolo estadual.

O Art. 3º trata do desrespeito às restrições está sujeito à penalidades, como aplicação de advertência oral ou escrita, Termo de Ocorrência, multa de R$ 500,00 a R$ 3.000,00, interdição do estabelecimento e cassação do alvará de funcionamento.

O Art. 4º atribui às forças de segurança do Município, à Defesa Civil e ao Setor de Fiscalização da Prefeitura a tarefa de fiscalizar o cumprimento das medidas do presente Decreto, que está disponível para ciência no site da Prefeitura Municipal de Ibirubá: ibiruba.rs.gov.br, acessando Legislação Municipal e Decretos Municipais.

Magda Pimentel – Assessoria de Imprensa Prefeitura de Ibirubá