PASSO FUNDO – Mulher é presa por manter sobrinha em cárcere privado

Na noite desta sexta-feira (23), a Brigada Militar/3°RPMon, efetuou uma prisão em flagrante por cárcere privado em Passo Fundo. O endereço não será divulgado pela preservação da vítima de 14 anos.

A guarnição do 2°Esquadrão foi informada pela Sala de Operações da Brigada Militar (190), para averiguar uma denuncia anônima de cárcere privado em Passo Fundo.

A guarnição ao chegar no local, foi constatada que se tratava de uma residência completamente fechada.

Ao fazer contato com a vítima do cárcere, ela relatou que sua tia lhe trancou e foi ao dentista, em um determinado local que fica aproximadamente 12km da residência, e já fazia 2h.

Os policiais ao questionar a vítima de 14 anos, sobre a existência de outro adulto ou pelo menos outra chave da residência, a vítima negou aos policiais.

Ao fazer contato com a tia, via celular, a acusada no primeiro momento negou comparecer no local para abrir a residência. Durante o contato foi verificado que na entrada da residência havia muitas madeiras e próximo as madeiras existia fiação elétrica exposta e diversos remendos, causando risco de incêndio.

Após os policiais esperar 1h30min a indiciada de iniciais N.F.D.A. de 48 anos, compareceu no local e libertou a vítima.

Em razão disso, a mulher recebeu voz de prisão e foi conduzida a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA). Durante o decorrer da ocorrência na delegacia, foi constatado várias lesões pelo corpo da vítima e a própria tia seria a autora. A vítima relatou que era constante o cárcere privado e as agressões.

Diante dos fatos, foi registrado a prisão em flagrante para a acusada(tia), sendo posteriormente recolhida ao Presídio Regional de Passo Fundo.

O Conselho Tutelar acompanhou a ocorrência.

Rádio Uirapuru