Violência contra as mulheres durante a pandemia preocupa

No Brasil e no exterior as mulheres que trabalham na área de atendimento jurídico, policial, social e político, direcionado às mulheres, já haviam percebido uma correlação direta entre o isolamento social, que obriga vítima e agressor à convivência em tempo integral, o aumento da violência que, em grau máximo, pode resultar em feminicídio.

Por mais que exista um somatório de esforços institucionais dos Estados da Federação, precisa haver também uma rede de solidariedade, de trabalho voluntário e apoio da sociedade civil, sem os quais muitas mulheres estariam à própria sorte.

A psicóloga Lucimara Falcão se diz preocupada com as mulheres, cada vez mais submetidas à violência de seus maridos e companheiros, sendo que muitas por vergonha ou medo não os denunciam, sofrendo caladas.