PASSO FUNDO – Passo-fundense desmascara criminosa que tentava aplicar golpe do empréstimo

Golpista confirmou estar presa e disse para a vítima ir trabalhar

Uma moradora de Passo Fundo foi vítima de uma tentativa do chamado golpe do falso empréstimo bancário, nesta semana.

A mulher, de 47 anos, buscava um empréstimo pessoal, quando entrou em um site que supostamente seria de um banco que oferece esse serviço.

Ela deixou os dados no endereço e recebeu mensagens via WhatsApp na terça-feira (24).

Uma pessoa com um número com o DDD de São Paulo – 011 – se identificou como Bruna Marques, que seria analista de crédito da BV Financeira.

A mulher repassou, por mensagens de áudio e texto, as informações que seriam necessárias para realizar o procedimento.

Foi informado, também, que o valor mínimo solicitado era de R$ 3 mil e tinha um teto de R$ 300 mil.

As parcelas poderiam ser pagas por meio de boleto, com o vencimento 60 dias a partir da contratação.

No entanto, a mulher disse que seria necessário um avalista para dar andamento ao empréstimo.

Caso a passo-fundense não possuísse, o banco ofertaria uma modalidade na qual um depósito deveria ser feito ao banco.

O valor cobrado foi de R$ 390, que seria devolvido em forma de crédito caso as seis primeiras parcelas fossem quitadas em dia.

Desconfiada da situação, a passo-fundense entrou no site da BV Financeira e descobriu que o banco não pede depósitos antecipados aos clientes.

Ela confrontou a criminosa, que desistiu do golpe.

A vítima perguntou se a mulher estava presa e a golpista disse que sim.

A moradora de Passo Fundo não depositou o valor e registrará o caso na Polícia Civil.

Diário da Manhã