Diálogo Espírita – SAÚDE E OMS

A Organização Mundial de Saúde (OMS) é uma agência mundial especializada em saúde, fundada em 7 de abril de 1948, e subordinada à Organização das Nações Unidas, com sede em Genebra, Suíça.

À época da criação da OMS, logo após a Segunda Guerra Mundial, havia a preocupação de elaborar uma definição positiva de saúde, que incluísse os aspectos alimentação, atividade física, acesso ao sistema de saúde e bemestar social, sobretudo este, decorrente da devastação causada pela guerra e pela expectativa de paz que a Humanidade buscava.

Outros aspectos foram incorporados a esta ideia inicial: pela primeira vez uma organização internacional de saúde fez referência à saúde mental e a partir da década de 80 o sentido de ecologia foi incorporado à definição, que ficou assim:

Saúde é um estado de completo bem-estar físico, mental, social e ecológico, não consistindo apenas da ausência de uma doença.

Os Espíritos Superiores nos advertem que irritação também mata, isto é, reduz o número de anos de vida; o ódio é veneno que o emissor coloca dentro de si; que a angústia, tristeza, ociosidade e depressão são estados emocionais que com a continuidade vão instalando doenças; que o desânimo provoca malestar, convidando-nos, apesar dos desafios, a mantermos:

Pensamentos positivos; alto-astral; confiança em si mesmo; confiança na Providência Divina; Fé no futuro; que somos Espíritos imortais; que após a tempestade vem a bonança.

Sociedade Espírita Raios de Luz de Tapera (RS)