Diálogo Espírita – REENCARNAÇÃO

No item 28, do capítulo XI, Encarnação dos Espíritos, da Gênese, 5ª obra da Codificação por Allan Kardec, 1ª edição em 1868, nos esclarece:

“À medida que progride normalmente, o Espírito se desmaterializa, isto é, depura-se, com o subtrair-se à influência da matéria; sua vida se espiritualiza, suas faculdades e percepções se ampliam; sua felicidade se torna proporcional ao progresso realizado.

Entretanto, como atua em virtude do seu livre-arbítrio, pode ele, por negligência ou má vontade, retardar o seu avanço; prolonga, conseguintemente, a duração de suas encarnações materiais, que, então, se lhe tornam uma punição, pois que, por falta sua, ele permanece em categorias inferiores, obrigado a recomeçar a tarefa.

Depende, pois, do Espírito abreviar, pelo trabalho de depuração executado sobre si mesmo, a extensão do período de encarnações”.

Sociedade Espírita Raios de Luz de Tapera (RS)