SOLEDADE – Corpo de Bombeiros possui equipamentos para resgates de quedas em altura

Circula nas redes sociais um vídeo que mostra o exato momento do resgate do corpo do professor Juliano Pinto, que morreu de forma trágica ao cair de um penhasco em Torres nesta semana.

Porém, na ação, o corpo desprendeu-se da maca e acaba voltando a cair sob as pedras. Tal fato, chamou atenção da reportagem que procurou o Comandante dos Bombeiros de Soledade, Sargento Berton, que explicou como é feito o resgate de pessoas em quedas de elevadas alturas, como neste fato.

Berton explica que a unidade de Soledade investiu pesado nos melhores equipamentos para o resgate em situações de quedas em expressivas alturas, como foi neste caso. Recentemente um treinamento em um silo foi realizado para que os bombeiros estejam preparados para enfrentar situações que exijam este tipo de resgate.

Sobre o vídeo que mostra a queda do corpo do professor Juliano, o Sargento Berton preferiu não comentar sobre o trabalho dos Bombeiros de Torres, mas afirma que a unidade de Soledade possui todos os equipamentos necessários de alta qualidade para este tipo de resgate.

Rádio Soledade