Material escolar: 80% dos produtos importados sofreram reajuste neste ano

O ano letivo de 2020 nas escolas já está se aproximando e com isso a procura pelos materiais escolares também já começam aumentar. Mas a grande dúvida ainda é quanto ao preço dos materiais neste ano com o dólar acima de quatro reais.

Em entrevista na Uirapuru, o proprietário da Ponto Útil de Passo Fundo, Juliano Tognon explicou que os produtos da linha escolar sofreram reajustes de cinco a oito por cento para este ano. Entre os produtos que mais tiveram aumento significativo estão as mochilas e cadernos. No entanto, conforme o proprietário, muitos produtos tiveram os valores mantidos. Segundo o empresário, 80% dos produtos importados sofreram reajuste.

Tognon contou que desde março já vinham negociando com os fornecedores para tentar manter os preços que foram vendidos no ano passado. Contudo, ele alertou aos consumidores que, conforme as mercadorias vão faltando, os lotes novos que chegam e já vem com o reajuste, pois é difícil de conseguir manter o preço. A dica do empresário aos pais é que comprem o quanto antes os materiais, em razão da variedade, preço e do movimento que ainda não é intenso.

Créditos: Agência Brasil
Rádio Uirapuru