Professora brasileira entre os 10 melhores do mundo

Débora Garofalo ensina matérias de tecnologia em uma área carente de São Paulo

Débora Garofalo, professora de tecnologias da EMEF Ary Parreiras, em São Paulo, está entre os 10 melhores professores do mundo.

Ela vai concorrer ao Global Teacher Prize, considerado o “Nobel da Educação”. O vencedor, que leva o prêmio de 1 milhão de dólares, será anunciado no dia 24 de março em Dubai, nos Emirados Árabes.

“Quando eu falava pra eles da proposta de trabalho, eles não tinham consciência. Diziam ‘professora, robótica é pra um aluno de escola particular, a gente não tem essa capacidade de aprender.”

Débora Garofalo ensina matérias de tecnologia em uma área carente de São Paulo, cercada por quatro favelas famosas pela violência.

Apesar de ser formada em Letras, Garofalo criou o projeto “Robótica com sucata promovendo a sustentabilidade”, que já removeu mais de 1 tonelada de lixo das ruas.

E foi essa conquista que levou Débora a ficar entre os finalistas do prêmio, sendo a primeira professora brasileira a chegar tão longe.

Foto: Reprodução | Internet
Diário da Manhã