IBIRUBÁ – Coprel ouve os cooperantes de Ernestina

Na semana em que se celebra o Dia Internacional do Cooperativismo (primeiro sábado de julho), a Coprel realizou importante reunião em Ernestina, reforçando os princípios de sua gestão profissional e cooperativa. No entanto, a reunião não foi uma ação isolada com relação à data comemorativa: os encontros que a Coprel promove com seus cooperantes nos municípios de atuação são realizados periodicamente, reforçando a participação de todos no planejamento e na construção da cooperativa. Em Ernestina, mais de 100 pessoas atenderam ao convite da Coprel e participaram da reunião realizada na tarde de 03 de julho, junto ao Pavilhão Evangélico do município.

Ernestina está localizada na parte leste da área de atuação da Coprel, e possui 933 cooperantes. Para atender a essas ligações, são 185 quilômetros de rede no município – quase metade delas trifásica. Nos últimos 4 anos, e em 2013, foram investidos mais de 1 milhão e 200 mil reais em melhorias no sistema elétrico, que incluem substituição de postes, deslocamentos de equipamentos como banco regulador de tensão e religador, construção de redes trifásicas para manobras entre alimentadores, instalação de religadores e substituição de cabos.

Todas as informações sobre o trabalho da Coprel no município foram apresentadas pelo presidente Jânio Vital Stefanello, que também atualizou aos cooperantes informações relativas aos programas sociais e indicadores técnicos e econômicos. O presidente também falou sobre os instrumentos que a Coprel utiliza para melhorar seu atendimento, destacando a importância de cada cooperante opinar sobre o trabalho da Cooperativa, através das pesquisas de satisfação. Durante o encontro, foi aberto espaço para perguntas e sugestões. Uma colaboradora do Discoprel também esteve presente para registrar ocorrência e esclarecer dúvidas dos participantes da reunião.

Um dos momentos mais importantes da reunião é a escolha dos líderes para compor o Conselho Consultivo do município. Em Ernestina, os três conselheiros foram reeleitos, ficando o Conselho Consultivo assim composto: Geraldo Francisco Schimanko e Arno da Silva são conselheiros titulares, e Leomar Valderi Ebertz, conselheiro suplente.

Para os conselheiros, a reeleição demonstrou a confiança dos cooperantes do município no trabalho por eles realizado. “A Coprel está evoluindo junto com o os agricultores, e o município está evoluindo junto com a Coprel. E ser conselheiro é uma experiência muito boa, pois a gente sabe que é ouvido e que a cooperativa está investindo para melhorar as redes. Os produtores de leite e pequenas indústrias que estão se instalando no interior de Ernestina precisam dessa força da Coprel”, declara o conselheiro Arno da Silva.

(Assessoria de Comunicação – Coprel)