NÃO-ME-TOQUE – Encontro de Mulheres Cotrijal: cooperativismo que contagia

Em Não-Me-Toque, Norte do Estado, uma multidão de agricultoras se reúne todos os anos para renovar a autoestima e continuar fazendo a diferença nas propriedades. Em sua 24ª edição, o Encontro de Mulheres Cotrijal é um marco na região, reunindo produtoras de mais de 30 municípios. Evento foi nesta quarta-feira, 9, no Parque da Expodireto.

“Foi muito especial. Estou saindo renovada”, festejou a associada da Cotrijal de Santo Antônio do Planalto, Mariane Müller, que já perdeu as contas de quantas edições participou.

Teve também quem madrugou para não perder nenhum detalhe da programação. Foi o caso da produtora de Três Pinheiros-Sananduva, Andressa Fagundes de Oliveira, que antes das 7 horas já estava na estrada. “É um dia que vale a pena. Faz a diferença para nós mulheres”.

Para o presidente da Cotrijal, Nei César Manica, o evento mais uma vez cumpriu o seu papel e trouxe para as associadas temas atualizados e motivadores. “É um momento especial e exclusivo para a mulher. Um dia de conhecimento, diversão e integração, para valorizar nossas associadas, fortalecer o nome da Cotrijal e também qualificar o trabalho nas propriedades rurais”, afirmou.

Presente em todos os 24 encontros, o vice-presidente Enio Schroeder destacou a evolução da programação, que em 2019 apresentou temas modernos e que estimularam as mulheres a refletirem sobre suas escolhas, priorizando a qualidade de vida e a cooperação. “A mulher ocupa lugar de destaque em nossa cooperativa. Nosso maior desafio é continuar fazendo a diferença no meio rural e na sociedade”.

Para viver bem
Pesquisas comprovam que a mulher vive mais do que o homem, tanto no Brasil quanto em nível mundial, porque cuida melhor da sua saúde. Apesar dos dados positivos, há espaço para melhorar a qualidade de vida, na avaliação do professor e doutor em Filosofia Iltomar Siviero. Em sua palestra, pela manhã, ele enfocou a importância da prevenção para alcançar longevidade saudável. “Equilíbrio é a palavra-chave para quem quer viver bem. Precisamos pensar no longo prazo, investindo na saúde física, emocional e espiritual”, afirmou o palestrante, que é coordenador do Curso de Extensão em Envelhecimento Humano, Espiritualidade e Cuidado, do Instituto de Filosofia Berthier, de Passo Fundo.

Com muita alegria e irreverência, Márcio Mancio conquistou a atenção das mulheres à tarde evidenciando o protagonismo feminino. Empresário e especialista nas áreas de liderança, motivação e vendas, ele propôs uma série de reflexões sobre o cotidiano e comportamentos. “Ser protagonista da própria vida é uma escolha. Basta acreditar e aceitar o desafio de fazer diferente e buscar excelência em nossas atividades”, comentou.

Assessoria de Imprensa da Cotrijal