PASSO FUNDO – Greve do Judiciário: 85 mil processos estão parados na Comarca

Já são 17 dias de greve dos servidores do Judiciário no Rio Grande do Sul e os processos se acumulam. Só na comarca de Passo Fundo são 85 mil ações paradas. Estão sendo encaminhados apenas os processos de urgência que envolvem casos relacionados a sobrevivência, saúde e liberdade, por exemplo.

Ontem (9) à tarde os servidores se reuniram no Fórum de Passo Fundo para discutir os próximos passos do movimento e repassar as informações da Assembleia realizada na segunda-feira (07), em Porto Alegre. O ato unificado na capital reuniu 1500 servidores do Judiciário e do Ministério Público. Das 165 comarcas do Estado, 120 aderiram ao movimento.

A oficial escrevente do Fórum de Passo Fundo, Catia Machado, disse que a presidência se recusa a receber a comissão de servidores para discutir as reivindicações. Além da defasagem salarial, os servidores são contra a extinção de 3500 cargos de oficial escrevente que foi proposta em 2017 pelo Tribunal de Justiça. Diante disso a greve segue por tempo indeterminado, ou até quando as negociações com a presidência do Tribunal de Justiça sejam retomadas.

Rádio Uirapuru