CARAZINHO – Nenhum funcionário da agência dos Correios adere à greve

Os trabalhadores dos Correios decretaram greve geral, por tempo indeterminado, a partir da noite desta terça-feira (10). Em Carazinho a situação está normal, ou seja, nenhum funcionário aderiu ao estado de greve.

Embora ainda esteja avaliando o real impacto da paralisação, a empresa afirma que os serviços foram parcialmente afetados em outros municípios brasileiros. Já a Federação Interestadual dos Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras dos Correios (Findect) garante que o movimento é nacional.

Segundo a entidade, a paralisação foi a forma que os funcionários da estatal encontraram para se opor à proposta do governo federal de privatizar os Correios.

Os trabalhadores também tentam pressionar a direção da empresa a negociar a manutenção de direitos trabalhistas e dos atuais salários no futuro Acordo Coletivo de Trabalho (ACT), que está por ser assinado.

Além do receio da privatização, os representantes da categoria temem a redução salarial e a perda de benefícios.

Para quem necessita do atendimento em Carazinho, pode procurar a agência que fica na Avenida Flores da Cunha, no centro. O telefone para contato é: 54 3318 6335.

Gazeta AM