Ministério da Agricultura anuncia troca na presidência da Embrapa

Sebastião Barbosa ficou na presidência por nove meses

O presidente da Embrapa, Sebastião Barbosa, foi destituído do cargo nesta quarta-feira (17). Barbosa permaneceu a frente da Empresa por nove meses. Ele foi nomeado para a chefia em outubro de 2018, pelo então presidente da República Michel Temer.

A decisão da troca foi publicada hoje no Diário Oficial da União, depois da 171ª reunião do Conselho de Administração da Embrapa (Consad), que ocorreu ontem (16), em Brasília.

Com isso, o diretor-executivo de Pesquisa e Desenvolvimento, Celso Amoretti, assume interinamente a presidência.

Moretti é pesquisador da Embrapa desde 1994, mas em 2017 assumiu como diretor. Enquanto era pesquisador, trabalhou no Laboratório de Ciência e Tecnologia de Alimentos da Embrapa Hortaliças, em Brasília, DF. Nessa unidade ele foi chefe de agosto de 2008 a março de 2013. Ele é engenheiro agrônomo formado pela Universidade Federal de Viçosa (UFV). Mestre e doutor em produção vegetal pela mesma instituição e especialista em engenharia de produção com ênfase em gestão empresarial pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), um novo processo seletivo deve ocorrer, mas ainda sem data prevista.

Diário da Manhã