PASSO FUNDO – Formar e qualificar: UPF Carazinho e 39ª CRE promovem Estação do Conhecimento

Formação de professores contou com apresentação de projetos, palestras e oficinas sobre diferentes temáticas

A UPF Carazinho, em conjunto com a 39ª Coordenadoria Regional de Educação de Carazinho, realizou, na quarta-feira, 10 de julho, a primeira edição nesse formato da Estação do Conhecimento. Participaram da atividade dezenas de professores da rede estadual de ensino, que apresentaram projetos e trabalhos desenvolvidos nas escolas. Além da integração, o evento promoveu a formação dos docentes, por meio de palestras sobre “Sociologia da educação e seu papel de humanização e didática”, com o professor Dr. Ivan Dourado, do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH); e sobre “Metodologias ativas”, com a professora Me. Maria Augusta Darienzo, da Faculdade de Educação (Faed).

Além das palestras, os professores participaram de oficinas sobre: Mediação de conflitos na Escola (FD); Bullying e diversidade – Tantos olhares (IFCH- curso de Psicologia); História e ensino de crenças (IFCH – curso de História); Robótica (Iceg – curso de Computação); Astronomia (Iceg – curso de Física); Mediajur (FD); Empreendedorismo (Feac) e Brinquedoteca (Faed).

De acordo com a diretora da UPF Carazinho, professora Munira Awad, a Universidade busca sempre estar próxima da comunidade, atuando como promotora e apoiadora de iniciativas que gerem a formação de pessoas e o desenvolvimento regional. “Essa parceria com a 39ª CRE envolveu 21 municípios e 60 escolas da região, foi mais uma ação da UPF Carazinho, que tem procurado cada vez mais se aproximar de Carazinho e da região de sua abrangência. Ficamos impactados em ver tantas escolas realizando tantos projetos interessantes, importantes e inovadores, e as oficinas com os nossos professores também foram muito prestigiadas. Destacamos que a missão da UPF Carazinho é cada vez mais se aproximar da comunidade onde ela está inserida”, disse.

De acordo com a coordenadora interina da 39ª CRE, professora Cristina Lunkes Hartmann, a atividade foi voltada as áreas das ciências da natureza, ciências humanas e ensino religioso. “Tivemos um retorno muito positivo por parte dos participantes, muitos diretores destacando que foi um dia muito proveitoso tanto as palestras, como as oficinas, e já querendo uma segunda edição da Estação do Conhecimento para o mês de novembro”, comentou.

Assessoria de Imprensa Universidade de Passo Fundo