Nova frente de trabalho inicia na ERS 142

Trabalho começou agora no sentido Carazinho a Não-Me-Toque

A obra de reforma da ERS 142, entre Carazinho e Não-Me-Toque, anunciada pelo Governador Eduardo Leite no mês de março, durante a Expodireto Cotrijal, e iniciada logo em seguida, teve mais uma frente de trabalho começando nesta semana, a partir de Carazinho.

Ainda no início do mês de abril os trabalhos começaram a partir de Não-Me-Toque. Principalmente em função do clima, que registrou prolongados períodos de instabilidade, a obra acabou atrasando e os prazos chegaram a ser questionados, sob o risco de a viabilização dos recursos indicados pelo Governo do Estado para a execução serem suspensos.

Nesta semana uma nova frente teve início, desta vez a partir de Carazinho. Uma empresa de Uruguaiana, terceirizada pela executora da obra, começou a realizar o trabalho a partir do quebra-molas, esquina com a Rua Selbach, no ao acesso ao Bairro Planalto, em Carazinho. Informações colhidas junto aos operários, a empresa tem a responsabilidade de realizar a obra de alargamento e instalação de terceira pista, em um trecho de 10 quilômetros (o que alcançaria até as proximidades no antigo abatedouro, onde a outra frente de trabalho já está com as obras no sentido oposto).

Ainda, conforme as informações coletadas, para esta nova frente de trabalho, há um período preliminar estipulado de 60 dias, no entanto, os chefes da obra lembram que isso dependerá de como irá se comportar o clima e que atrasos poderão ocorrer.

Diário da Manhã