NÃO-ME-TOQUE – Representante do bairro Jardim apresenta demandas em manifestação na Tribuna Popular

A Câmara de Vereadores de Não-Me-Toque realizou na segunda-feira (27), a sessão ordinária itinerante, no Pavilhão da Comunidade do Bairro Jardim. Com o objetivo de ouvir a população do Bairro, a Câmara dispõe do espaço chamado de Tribuna Popular que segundo o artigo 91 do Regimento Interno é destinado a qualquer cidadão ou representante de organização da sociedade civil, com sede no município, pelo espaço de dez minutos, para falar sobre demandas locais ou com repercussão no município.

Na oportunidade, o morador Soni Guilherme Doebber, representando o Bairro Jardim ocupou o espaço e apresentou as principais demandas da localidade. Em mais de dez minutos de fala, Soni reivindicou, principalmente, melhorias na área da Saúde. Soni requisitou que mais fichas de atendimento médico sejam disponibilizadas para atender a população do bairro. Além disso, Soni também pediu que sejam colocadas duas faixas de segurança, uma em frente ao posto de saúde e outra na Rua São Vicente de Paulo.

Na área de Infraestrutura, Soni solicitou uma atenção especial as ruas localizadas nas proximidades da escola. Segundo ele, a colocação de resíduo asfáltico resolveria momentaneamente o problema no local. Outra situação apresentada pelo morador, diz respeito a iluminação pública. Algumas pontos estão com problemas de iluminação.

Por fim, na área da Educação, Soni ressaltou aos Vereadores a importância do Bairro ter uma creche. “Eu vejo várias mães levarem seus filhos para outros locais, pois aqui no bairro não temos uma creche.”

As demandas serão entregues pelo presidente da Câmara, Carlos Alberto Bacher – Betão ao prefeito, Pedro Paulo Falcão da Rosa.