TIO HUGO – Agentes de saúde realizam nova etapa do levantamento de índice rápido para Aedes aegypti

O município de Tio Hugo está na lista dos 75 municípios gaúchos com risco de surto de dengue, zika e chikungunya. A equipe da secretaria municipal de Saúde através das agentes de saúde e de endemias realiza constantemente o levantamento de índice rápido por infestação do Aedes Aegypti (LIRA’a), que teve nova etapa iniciada no dia 15 de maio (quarta-feira). Os primeiros resultados dos relatórios deste ano são preocupantes, uma vez que foram encontrados focos do mosquito em praticamente todos os bairros da área urbana do município.

O LIRAa é um instrumento para o controle do vetor e das doenças (dengue, zika e chikungunya). Com base nas informações coletadas, é possível identificar os bairros onde estão concentrados os focos de reprodução do mosquito e o tipo de criadouro predominante. De acordo com a secretária de Saúde do município, Ana Silva, as agentes de saúde e de endemias realizam visitas rotineiras em residências de todos os bairros, somente em 2019 aproximadamente 500 residências foram vistoriadas na execução do LIRAa. “Estamos muito preocupados, pois as agentes encontraram focos do Aedes Aegypti em quase toda a área urbana. Diante disso, devemos nos unir para combater o mosquito transmissor de doenças, para que não tenhamos maiores problemas no futuro. Se cada um fizer a sua parte e estiver atento a sua residência e a locais próximos, eliminaremos esse inseto que é um risco para a saúde pública”, enfatizou a secretária.

O Aedes aegypti é um mosquito doméstico. Ele vive dentro de casa e perto do homem. Com hábitos diurnos, o mosquito se alimenta de sangue humano, sobretudo ao amanhecer e ao entardecer. A reprodução acontece em água limpa e parada, a partir da postura de ovos pelas fêmeas. Os ovos são colocados e distribuídos por diversos criadouros. Em menos de 15 minutos é possível fazer uma varredura em casa e acabar com os recipientes com água parada – ambiente propício para procriação do Aedes aegypti. Veja as principais orientações:
• Tampe os tonéis e caixas d’água;
• Mantenha as calhas sempre limpas;
• Deixe garrafas sempre viradas com a boca para baixo;
• Mantenha lixeiras bem tampadas;
• Deixe ralos limpos e com aplicação de água sanitária;
• Limpe semanalmente ou preencha pratos de vasos de plantas com areia;
• Limpe com escova ou bucha os potes de água para animais;
• Retire água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupa.

Felipe Carvalho – Assessoria de Imprensa Prefeitura de Tio Hugo